A Vocação na visão do Papa Francisco

Posted by: | Posted on: agosto 10, 2017

Vocação é graça de Deus!

“Com a consciência de quem experimentou, pessoalmente, como a vontade salvífica de Deus é imperscrutável e como a iniciativa da graça está na origem de toda a vocação, o Apóstolo recorda aos cristãos de Corinto: «Vós sois o seu [de Deus] terreno de cultivo»” (51º Dia Mundial de Oração pelas Vocações)

Vocação é adesão livre para agir com Cristo e por Cristo.

“Por isso, do íntimo do nosso coração, brota, primeiro, a admiração por uma messe grande que só Deus pode conceder; depois, a gratidão por um amor que sempre nos precede; e, por fim, a adoração pela obra realizada por Ele, que requer a nossa livre adesão para agir com Ele e por Ele”. (51º Dia Mundial de Oração pelas Vocações)

Vocação é êxodo de si mesmo para centrar a nossa existência em Cristo e no seu Evangelho.

“Embora na pluralidade das estradas, toda a vocação exige sempre um êxodo de si mesmo para centrar a própria existência em Cristo e no seu Evangelho. Quer na vida conjugal, quer nas formas de consagração religiosa, quer ainda na vida sacerdotal, é necessário superar os modos de pensar e de agir que não estão conformes com a vontade de Deus.”  (51º Dia Mundial de Oração pelas Vocações)

Vocação é resultado da escuta à voz de Cristo, que ressoa na Igreja.

“Dirijo-me agora àqueles que estão dispostos justamente a pôr-se à escuta da voz de Cristo, que ressoa na Igreja, para compreenderem qual possa ser a sua vocação. Convido-vos a ouvir e seguir Jesus, a deixar-vos transformar interiormente pelas suas palavras que «são espírito e são vida»(Jo 6, 63).” (51º Dia Mundial de Oração pelas Vocações)

Vocação é fruto que amadurece no terreno do amor e do serviço.

A vocação é um fruto que amadurece no terreno bem cultivado do amor uns aos outros que se faz serviço recíproco, no contexto duma vida eclesial autêntica. Nenhuma vocação nasce por si, nem vive para si. A vocação brota do coração de Deus e germina na terra boa do povo fiel, na experiência do amor fraterno. Porventura não disse Jesus que «por isto é que todos conhecerão que sois meus discípulos: se vos amardes uns aos outros» (Jo 13, 35)? (51º Dia Mundial de Oração pelas Vocações)

Vocação é adesão livre para agir com Cristo e por Cristo.

“Por isso, do íntimo do nosso coração, brota, primeiro, a admiração por uma messe grande que só Deus pode conceder; depois, a gratidão por um amor que sempre nos precede; e, por fim, a adoração pela obra realizada por Ele, que requer a nossa livre adesão para agir com Ele e por Ele”. (51º Dia Mundial de Oração pelas Vocações)