Tríduo de Preparação para a Festa de Corpus Christi

Posted by: | Posted on: maio 28, 2012

(Esse Tríduo será realizado nos dias 4, 5 e 6 de junho, preparando a Festa que acontecerá no dia 7 de junho de 2012)

ORIENTAÇÕES GERAIS

1. O Tríduo em preparação à solenidade de Corpus Christi, poderá ser celebrado nas igrejas e também ser realizado nas famílias, nos grupos ou individualmente.

2. Preparar sempre o ambiente da Celebração providenciando: cruz, bíblia, velas, alguma foto ou cartaz sobre a eucaristia, flores e outros elementos que possam ajudar a rezar.

3. Em cada dia do Tríduo, acender velas: uma vela no 1º dia; duas, no 2º dia e três, no 3º dia (poderá ser feito um arranjo semelhante à Coroa do Advento, em formato triangular com uma vela em cada ponta ou usar um castiçal com três braços).

4. Cada participante leve a sua Bíblia. Os cantos podem ser outros diferentes dos que são sugeridos, mas adequados ao tema e conhecidos pelo grupo.

5. A cada dia, levar algum alimento para que seja partilhado com os mais pobres.

6. Se a celebração for feita na igreja/capela, destacar e valorizar a presença eucarística. Portanto, podem–se utilizar os textos aqui propostos para um momento de Adoração do Santíssimo Sacramento, acrescentando necessariamente alguns momentos de silêncio e, se for o caso, outras leituras e cânticos.

7. Após a celebração, o grupo ou família pode fazer um “ágape fraterno” (confraternização, partilha) no local da celebração.

ORAÇÃO DE ABERTURA

(para todos os dias)

CÂNTICO

  1. Embora sendo muitos, é um o nosso Deus; com ele vamos juntos, seguindo os passos seus.

Na vida caminha quem come deste pão. Não anda sozinho quem vive em comunhão.

  1. Formamos a Igreja, o corpo do Senhor; que em nós o mundo veja a luz do seu amor.

SAUDAÇÃO

D. Em nome do Pai e do Filho e do Espírito

Santo.

T. Amém.

D. Vamos nos preparar para participar ativamente da grande festa de Corpus Christi, realizando com fé estes dias do Tríduo. Retomemos as palavras do Hino do 4º Congresso Eucarístico Nacional, que se realizou em São Paulo, há 70 anos atrás.

T. Filhos de uma pátria livre, livres dobramos os joelhos para, ó Jesus, te adorar solenemente, afirmando nossa fé, nossa esperança no sacramento do Altar. Por nossos bens, nossa história, por esse solo bendito onde tivemos o ser, por tudo quanto nos deste, erguemos a ti nossos braços e vimos te agradecer.  

D. O Espírito Santo renove nosso amor à presença eucarística do Senhor e nos ajude a celebrar bem esse dia do Tríduo da solenidade do Santíssimo Sacramento do Corpo e do Sangue de Cristo.

CÂNTICO

Vem, Espírito Santo, vem, vem iluminar.

1. Nossos caminhos vem iluminar.

Nossas idéias vem iluminar.

Nossas angústias vem iluminar.

As incertezas vem iluminar.

2. Toda a Igreja vem iluminar.

A nossa vida vem iluminar.

Nossas famílias vem iluminar.

Toda a terra vem iluminar.

D. Senhor Jesus Cristo, neste admirável Sacramento nos deixastes o memorial da vossa paixão. Dai-nos venerar com tão grande amor o mistério do vosso Corpo e do vosso Sangue, que possamos colher continuamente os frutos da vossa redenção. Vós que viveis e reinais para sempre.

T. Amém.

ORAÇÃO DE ENCERRAMENTO

(para todos os dias)

D. Rezemos em dois coros os nossos louvores:

H – Bendito seja Deus.

M – Bendito seja seu santo nome.

H – Bendito seja Jesus Cristo, verdadeiro Deus e verdadeiro homem.

M -Bendito seja o nome de Jesus.

H – Bendito seja o seu sacratíssimo Coração.

M -Bendito seja seu preciosíssimo Sangue.

H – Bendito seja Jesus Cristo no Santíssimo Sacramento do Altar.

M -Bendito seja o Espírito Santo, Paráclito.

H – Bendita seja a grande Mãe de Deus, Maria Santíssima.

M -Bendita seja a sua santa e Imaculada Conceição.

H – Bendita seja a sua gloriosa assunção.

M -Bendito seja o nome de Maria, Virgem e Mãe.

H – Bendito seja São José, seu castíssimo esposo.

M -Bendito seja Deus nos seus anjos e nos seus santos.

ORAÇÃO

(Quem dirigiu o encontro convida os irmãos para fazerem a Oração dos Fiéis.)

Cada participante faz uma oração espontânea, rezando por si mesmo e pela comunidade, pedindo a Deus que realize em nós e na comunidade a Palavra de Deus e a da Igreja, que meditamos.

PAI NOSSO

(o dirigente convida todos a rezarem o Pai Nosso)

Pai Nosso, que estais no céu…

D. Oremos: Ó Deus, que nos destes o verdadeiro Pão do céu, concedei-nos que, pela força deste alimento espiritual, vivamos sempre em vós e ressuscitemos gloriosos no último dia. Por Cristo, nosso Senhor.

T. Amém.

D. Graças e louvores se dêem a todo momento.

T. Ao Santíssimo e digníssimo Sacramento. 

(encerrar com um canto final apropriado, à escolha)