Meditação,

now browsing by tag

 
 
Posted by: | Posted on: março 16, 2015

RETIRO QUARESMAL – Leitura Orante dos Evangelhos da Quaresma

O Tempo da Quaresma nos chama à conversão, mas muitas vezes ficamos perdidos sem saber como fazer a conversão acontecer em nossa própria vida, incapazes de perceber quais mudanças realizar.

O melhor caminho para alcançarmos a conversão é a Leitura Orante da Palavra, que nos faz mergulhar na mistagogia do Evangelho, isto é na ação de nos conduzir, nos guiar para dentro do mistério e consequentemente à vivência cristã, como resposta e crescimento em relação ao dom do amor de Deus.

E para auxiliar nesse processo, durante a Quaresma, estamos propondo um Retiro Quaresmal para ser feito em sua própria casa, sem deixar de lado as atividades e obrigações da sua vida cotidiana. Read More …

Posted by: | Posted on: abril 18, 2014

Símbolos da Fé – Sexta-feira Santa

Pe. Evaldo explica o significado dos símbolos que representam a Sexta-feira Santa, no programa Símbolos da fé, exibido durante a programação especial da Semana Santa na REDE APARECIDA.

www.A12.com
A Mãe Aparecida mais perto de você

Posted by: | Posted on: fevereiro 13, 2013

Quaresma

Terminado o carnaval, que teve na sua origem, a despedida das festas populares com muita fartura, com muita carne, para agora dar início a um novo Ciclo Litúrgico. Com a quarta-feira de cinzas começa o Tempo da Quaresma. São quarenta dias de abstinência, de sacrifício e de conversão, um caminho de preparação para a Páscoa.

Para quem pretende viver de modo cristão, a quaresma é de recomeço e preparação do espírito para acolher Jesus Cristo ressuscitado no momento da Páscoa. De intensificar as práticas de fé no sentido de ser pessoa nova, melhor e capaz de proporcionar o bem para os demais, descobrindo na Palavra de Deus a força cristã.

É importante entender que não podemos colocar a fé a serviço de interesses pessoais. Estamos diante da tentação de reduzir a vida ao bem-estar, ao consumismo fácil, aos ídolos do dinheiro, do mercado e da religião milagreira. A quaresma nos leva a pensar como vencer esses “demônios” presentes de forma forte diante de nós.

É hora de reconhecer a presença de Deus na história e em cada pessoa, reavivar a fé com fecundidade dentro do caminho de libertação. Esta é a meta da quaresma, despindo-nos de todo tipo de maldade, egoísmo, desonestidade, para assumir atitudes de vida autêntica, livre e transformada com base na esperança em Cristo.

A quaresma nos faz pensar em duas forças contrárias: de um lado, a luta entre o Espírito, que é vida e liberdade; de outro, o diabo, que é fanatismo e opressão. Estamos diante de uma escolha que, a partir dela, temos um itinerário de vida que poderá nos trazer alegria, felicidade e liberdade, ou tristeza, sofrimento e infelicidade.

São quarente dias de sacrifício, citado pela bíblia como jejum, esmola e oração, que nos leva a olhar para Cristo na cruz, conscientes de que a vida é marcada por sofrimentos, mas projetada na dimensão da alegria da ressurreição. A quaresma significa vencer com coragem as tentações que nos acompanham, seguindo o exemplo de vida de Jesus Cristo.

Dom Paulo Mendes Peixoto – Arcebispo de Uberaba.

Posted by: | Posted on: fevereiro 6, 2013

Pescar gente

Quando visualizamos toda riqueza dos ensinamentos de Jesus Cristo, a certo momento, à beira do Mar da Galileia, em vez de pescar peixes, Ele fala em “pescar homens”. Quem pesca coloca o peixe dentro da barca e se gloria com a vitória conquistada. Paralelo a isto, pescar homens significa trazer pessoas para o próprio convívio, mas também tirá-las do poder da morte.

A violência das águas, do lago ou do mar, pode ser comparada com as realidades que levam à morte. Defender a vida significa ser também violento para combater a ação destruidora presente na sociedade. Isto supõe posturas de coragem, de firmeza, de testemunho e de convencimento do valor do bem das pessoas.

Na cultura de morte, Jesus anuncia a esperança para a humanidade. Para Ele, o caminho tem como meta a ressurreição, mas o trajeto leva em conta o valor do corpo, a dignidade das pessoas, o cumprimento dos direitos e deveres, inerentes à vida, que tocam a cada pessoa. A vida assumida com liberdade terá uma continuidade na ressurreição e na eternidade.

Pescar gente significa formar comunidade cristã, formar as pessoas nos princípios básicos para uma vida de fraternidade. Jesus manda lançar as redes em águas mais profundas, indo de encontro com aqueles que estão numa prática de vida totalmente isolada e distante da convivência comprometida com o que gera fraternidade.

Na visão da pesca, todos nós temos o compromisso de tirar a humanidade do reino destruidor, contribuindo para a superação de tudo que causa morte e dificulta a vida. Para isto, alguma coisa tem que ser renunciada, esvaziada de nós mesmos, para beneficiar o outro, facilitando o resultado, a fertilidade e o sucesso da pesca.

No mundo da droga, do individualismo e de infinitos atos inconsequentes praticados pela sociedade moderna, conseguimos ver nesse meio como que um “cardume de peixes” nas portas da morte. É aí que as redes devem ser atiradas, podendo recuperar pessoas influenciadas e desinformadas das consequências do mal que as envolve, principalmente no mundo dos vícios.

Dom Paulo Mendes Peixoto – Arcebispo de Uberaba.

 

Posted by: | Posted on: janeiro 2, 2013

Mais um ano

Em clima de Epifania, isto é, da manifestação de Jesus Cristo para o mundo, celebramos o primeiro domingo de 2013, certamente num propósito firme de fazer com que seja um ano de paz, de harmonia, progresso e valor da vida humana. Esta é uma realidade que se torna concreta com o esforço de cada cidadão.

A revelação de Deus, que no passado era feita pelos profetas, nos acontecimentos e fatos, agora se plenifica na vinda de seu Filho, que se encarna numa criança tão simples e indefesa. Deus não se revela de forma triunfal e com sinais espetaculares. A sua grandeza acontece na humildade e na simplicidade da vida.

Jesus nasce e se torna uma “estrela” para todos os povos. Ela clareia o coração das pessoas para que sejam comprometidas com a natureza criada, com o meio ambiente e com a vida em geral. Isto acontece na liberdade, no respeito para com a decisão de cada pessoa, não impondo nada sobre suas decisões particulares.

Deus vem a nós com a proposta do Reino. Ele acontece nos gestos de bondade e de vida, naquilo que faz com que o ser humano se torne divino. Para isto é necessário reconhecer os sinais da “estrela-guia”, tornando-nos também sinais de autenticidade humana para o mundo. Assim estaremos contribuindo para o bem de todos.

Os Reis Magos foram a Belém, ao encontro do Menino. Levaram consigo presentes de valor. O ouro representava a realeza de Deus, indicando que Ele era o verdadeiro rei, dignidade reconhecida pelos Magos. O incenso indicava que Ele era Deus e deveria ser adorado. A mirra era alusiva à humanidade de Jesus, mostrando que Deus estava assumindo a condição humana.

Os Magos eram pagãos, mas foram guiados por uma estrela até Jesus. Nós somos guiados por quem e onde temos encontrado Deus? Ou ele não existe dentro de nossos princípios? Que presentes lhe temos oferecido ou, que tipo de atitudes, que realizamos, revelam a presença de Deus em nós? Um fecundo 2013 para você.

Dom Paulo Mendes Peixoto – Arcebispo da Arquidiocese de Uberaba

Posted by: | Posted on: agosto 14, 2012

Via Sacra

 Via-sacra – para quem quer viver

Leonardo Boff

Leonardo Boff dedicou anos trabalhando teologicamente o mistério de Cristo. A luz das perspectivas e convicções conquistadas ao longo destes anos de estudos cristológicos, apresentamos agora esta via-sacra que quer ser uma teologia orante ou uma oração teológica. Foi publicada há muitos anos sob o título Via-sacra da justiça. Agora foi retomada com correções e acréscimos e leva como título Via-sacra para quem quer viver. Esta via-sacra pretende atualizar o permanente significado da paixão de Jesus que se confunde com a paixão dos sofredores do mundo inteiro. Essa identificação produz um sentido secreto ao sofrimento, porque nunca é um sofrimento solitário, mas solidário. Por isso foi intitulada Via-sacra para quem quer viver.

Posted by: | Posted on: agosto 14, 2012

Encontro diário com Deus – 2013

 Orações e mensagens

Frei Edrian Josué Pasini (org.)

Neste livro, o convite para nos encontrar com Deus é feito dia a dia, na escuta de sua Palavra, que podemos traduzi-la em vida nova, em ações concretas de paz e de bem. Nele você irá encontrar as Orações, Mensagens, Liturgia da Palavra de cada dia. Incluí ainda, o Evangelho de todos os dias de cada mês, durante o ano todo de 2013.