IVC

now browsing by tag

 
 
Posted by: | Posted on: Março 6, 2018

Iniciação à Vida Cristã – Retorno à inspiração catecumenal

Pe. Luiz Alves de Lima, sdb.

O complexo processo que, desde o século II, prevaleceu na Igreja para iniciar os novos membros nos mistérios da fé, recebeu o nome de Catecumenato: era um conjunto de pregação (primeiro anúncio), práticas litúrgico-rituais, ensino, exercício de vida cristã e acompanhamento pessoal que levavam à verdadeira conversão ao Evangelho e incorporação na Igreja. Com a chegada da Cristandade (séc. V, VI…), desapareceu o complexo processo do catecumenato, ficando de pé, até hoje, o momento do “ensino-instrução” com o nome de catequese, e em geral dirigida à crianças. De fato, a comunidade cristã e a própria sociedade (ou civilização cristã) exerciam o papel de catecumenato social. A primeira experiência fundante da fé vinha da própria família e até da sociedade cristã, de um modo geral. A preocupação ficava reduzida à instrução doutrinal: e essa foi a herança que recebemos da cristandade.

Hoje, com raras exceções, nosso povo não possui uma experiência de fé transmitida pela família, na convivência do dia a dia, e muito menos pela sociedade. Não vivemos mais a cristandade. É necessário um trabalho missionário, de primeiro anúncio, de evangelização no sentido mais estrito da palavra: anunciar Jesus Cristo. A catequese, tal qual a recebemos e conhecemos como atividade de ensino e transmissão da fé, por mais que tenha sido renovada, não consegue realizar sozinha a iniciação cristã. Os frutos e as estatísticas aí estão… e continuamos a batizar, crismar, distribuir a Eucaristia abundantemente…  Read More …

Posted by: | Posted on: Fevereiro 26, 2018

Iniciação à Vida Cristã – O Documento e suas particularidades I

Pe. Luiz Alves de Lima, sdb.

1 – MOTIVAÇÕES E RAZÕES: POR QUÊ INICIAÇÃO?

O capítulo I se detém sobre a importância e urgência do tema, suas motivações: por quê é necessário hoje o processo iniciático? O texto parte da indagação sobre Deus e sua procura: o ser humano vive à procura de respostas sobre a vida e, no fundo, sobre si mesmo. A esse mistério a fé cristã dá uma resposta cabal; para dela se apossar e vivê-la, é necessário um verdadeiro mergulho no mistério de Deus e nas diversas dimensões da vida cristã; não basta uma síntese doutrinal, um cursinho rápido e nem mesmo uma catequese isolada de outros aspectos da vida eclesial. Não se trata de “aprender coisas”, mas de aderir conscientemente a um projeto de vida, de ter um encontro pessoal com Jesus Cristo.

Mais que as crianças, os adultos são os que precisam de um processo bem vivido de iniciação É uma necessidade religiosa, mas também antropológica. Entrar num novo projeto de vida, religioso ou não, requer um processo de passos sucessivos de aproximação. Não é de hoje que as religiões assim procedem, num processo que mescla vivência, conhecimento e celebração. Assim, a pessoa se deixa envolver pelo clima do mistério e passa a agir de outro modo no campo pessoal, comunitário e social, envolvido pelo amor de Deus. Ritos, símbolos e celebrações sempre fizeram parte da história humana (cf DNC 116). Read More …

Posted by: | Posted on: Fevereiro 26, 2018

Iniciação à Vida Cristã – Introdução

Pe. Luiz Alves de Lima, sdb.

1 – Descristianização e missionariedade

O tema da Iniciação à Vida Cristã se coloca dentro da preocupação missionária que perspassa hoje toda a Igreja, preocupada com a descristianização galopante tanto em paises de antiga (Europa) como de nova cristandade (Brasil). Não é um tema novo, mas desdobramento do Diretório Nacional de Catequese (2005), de Aparecida (2007: uma Igreja em estado de missão), da Missão Continental (2008)… e tantos apelos atuais da Igreja.

Por Iniciação Cristã se entende o processo pelo qual alguém é incorporado ao mistério de Cristo Jesus; não se reduz à catequese, mas inclui sobretudo a ação celebrativo-litúrgica. A catequese é um elemento, o mais longo e importante, do complexo processo pelo qual alguém é iniciado à fé cristã. Teologicamente falando a verdadeira iniciação se dá na celebração dos sacramentos do Batismo, Eucaristia e Crisma, chamados justamente, a partir do século XIX, de Sacramentos da Iniciação. Trata-se de uma iniciação que poderíamos chamar de sacramental. A estrutura catequética está em função dessa iniciação sacramental e vital. Read More …

Posted by: | Posted on: novembro 8, 2017

Dimensões teológicas da Iniciação à Vida Cristã

A iniciação à vida cristã significa imersão em uma nova realidade, assim diz o documento 107 da CNBB. Isso quer dizer que a iniciação nos transforma, nos tira da situação em que nos encontrávamos e nos leva para outra dimensão, o lugar do mistério de Cristo, uma realidade permeada pela vida do Cristo.

Na iniciação à vida cristã também nos deparamos com o mistério da Igreja, uma comunidade que, pela ação do Espírito, vive e revela a presença do Ressuscitado no mundo. Lembramos que Jesus Cristo, pós-ressurreição, enviou seu Espírito para a Igreja e fez dela seu sacramento, ou seja, lugar de viver e partilhar as experiências do mistério da sua vida. A graça que aqui realiza é um acontecimento transbordante da Páscoa do seu Senhor. Read More …