Curso Bíblico 11 – Esquema do Evangelho de Marcos 3

Posted by: | Posted on: julho 11, 2011

Instrução sobre o Messias Servo

Vamos ver agora o esquema da segunda parte do evangelho escrito por Marcos, que vai apresentar a
instrução sobre Jesus como Filho de Deus. Essa instrução revela uma das facetas mais ricas da identidade de Jesus. Ele é assumido e acreditado como o Messias-Servo, cumprindo as antigas
profecias.

  • 8,34-9,1: Seguimento exige renúncia
  • 9,2-10: a transfiguração é certeza de vitória
  • 9,11-13: a realidade do Reino
  • 9,14-29: o poder da fé e da oração

Instrução sobre a conversão

  • 9,31-33: 2. anúncio da Paixão
  • 9,34 -37: o perigo da ambição
  • 9,38-41: o perigo do exclusivismo
  • 9,42-50: não reproduzir os vícios da sociedade
  • 10,1-12: novos relacionamentos no amor
  • 10,13-16: acolher os mais humildes e pequenos
  • 10,17-27: o perigo das riquezas
  • 10,28-31: a recompensa para o desprendimento
  • 10,32-34: 3 anúncio da Paixão
  • 10,35-45: o poder está em servir
  • 10,46-52: abrir os olhos é seguir Jesus

Como podemos perceber, estes blocos estão delimitados pela cura de dois cegos. Ambas são referência para os discípulos que “tinham olhos e não enxergavam”, como diz o capítulo 8, versículo18.

CONCLUSÃO: A VISÃO DOS DISCÍPULOS

Na primeira narração da cura, no capítulo 8, versículos 22 a 26, que encerra a primeira parte do evangelho, a cura demora a acontecer, sendo a princípio apenas parcial. Assim era a visão dos discípulos, representada em Pedro, que apesar de fazer uma bela profissão de fé, na verdade
não tem clara a compreensão sobre a messianidade de Jesus, que passa pela cruz.

A conclusão da segunda parte, antes da entrada no caminho definitivo da cruz, a cura do cego Bartimeu
mostra que a fé é o ingrediente indispensável para que se possa enxergar plenamente e definitivamente. É preciso crer, confiar e estar disposto a deixar de lado a inércia para seguir
Jesus, só assim a transformação será total.