Celebraçoes Festivas

now browsing by category

 
Posted by: | Posted on: novembro 1, 2017

Celebração da Solenidade de Todos os Santos

No dia em que nossa Igreja celebra Todos os Santos, a liturgia traz o Evangelho das Bem-aventuranças, não por acaso, mas como caminho de vida cristã.

As bem-aventuranças são, sem dúvida, um dos textos mais conhecidos do Evangelho. De fato, ser discípulos de Jesus significa ser santo como é santo Deus, nosso Pai (Mt 5,48). As oito bem-aventuranças apresentam o ideal cristão, traduzido nas atitudes fundamentais de quem se propõe ser santo seguindo a Jesus. O discípulo deverá depositar sua confiança em ser solidário compartilhando os sofrimentos dos outros; como o Senhor, ter um relacionamento cordial com os demais; desejar ardentemente e saciar a sede de justiça neste mundo; ter um coração íntegro e livre de toda ambiguidade; ser aberto e acolhedor; empenhar-se para que aconteça a paz como consequência da justiça.

A celebração de todos os santos, num, certo sentido, é a festa da santidade anônima. Da santidade entendida, em primeiro lugar, como dom de Deus e resposta fiel da criatura humana. O calendário da Igreja está pontilhado de grandes nomes dos mestres da santidade. Todavia, tornar-se impossível enumerar todos os santos, tidos como sinais da manifestação maravilhosa da ação de Deus.

Celebremos com alegria a vida eterna de todos os santos que, vivendo neste mundo, deram testemunho de amor a Deus e de vida cristã.

A Celebração de Todos os Santos foi enviada por Dom Vilson Dias de Oliveira, DC – Bispo da Diocese de Limeira

CLIQUE AQUI para abrir a Celebração da Solenidade de Todos os Santos – 31º Domingo do Tempo Comum – ano A – 2017

Posted by: | Posted on: outubro 31, 2017

CELEBRAÇÃO DE TODOS OS FIÉIS DEFUNTOS

Neste dia recordamos, de maneira especial, os nossos mortos. Fazemos essa memória no Mistério da Páscoa de Jesus, que venceu definitivamente a morte. Todos os que pelo Batismo, são incorporados a Cristo, com Ele ressuscitarão dentre os mortos à semelhança de sua ressurreição.

É pela certeza da ressurreição que a Igreja se acerca aos fiéis defuntos. Confiamos em Deus e a Deus os nossos entes queridos, na certeza de sua ação divina de transformar suas vidas mortais em vida eterna, participando de sua eternidade e, por isso, de sua divindade, em Cristo Jesus, o vencedor da morte.

A celebração dos fiéis defuntos é uma oportunidade para revermos e reafirmarmos o que professamos no credo: creio na ressurreição dos mortos; para refletirmos se estamos nos preparando para a experiência da “mãe morte”, como chamava São Francisco de Assis; e também, para que possamos rever a nossa vida diante do projeto de Deus e dos valores do Evangelho.

Esta Celebração foi enviada por Dom Vilson Dias de Oliveira, DC – Bispo da Diocese de Limeira

CLIQUE AQUI para abrir a Celebração de Finados – Novembro – 2017

Posted by: | Posted on: agosto 18, 2017

Celebração da Assunção de Nossa Senhora

No dia 15 de agosto, nossa Igreja celebra a Solenidade da Assunção de Nossa Senhora. No Brasil, essa festa é celebrada no domingo seguinte à essa data, neste ano de 2017 será no dia 20 de agosto.

A Assunção de Nossa Senhora, pelos merecimentos de Cristo, vem lembrar-nos que não temos aqui na terra morada permanente, que nosso destino é o céu. É preciso contemplar a eternidade presente no meio de nossa humanidade. Gostamos de contemplar tantas coisas bonitas no mundo, mas a eternidade não pode ficar esquecida por nós. Maria é a Arca da Aliança e ela antecipa com sua assunção a glória a que todos estamos destinados. Contemplemos Maria, que é nossa Mãe e Mãe da Igreja peregrina.

Essa solenidade possui duas celebrações específicas, para a Vigília (sábado após as 16 horas) e para o dia (domingo). Dom Vilson Dias de Oliveira, DC – Bispo da Diocese de Limeira, nos enviou as duas celebrações, que vocês encontram aqui, em PDF:

CLIQUE AQUI para abrir o arquivo da Missa da Vigília da solenidade da Assunção de Nossa Senhora – 2017

CLIQUE AQUI para abrir o arquivo da Missa do Dia da Solenidade da Assunção de Nossa Senhora

Posted by: | Posted on: junho 21, 2017

Celebração da Solenidade do Sagrado Coração de Jesus

Sagrado Coração de JesusMais uma vez o aspecto litúrgico desta festa possui uma matriz devocional, onde a Igreja com sua sabedoria e firmeza doutrinal concentra sua atenção na essência teológica.

A divina humanidade de Cristo simbolizada pelo seu Coração misericordioso encontra seu respaldo nas Escrituras. Mas é nas revelações privadas que se encontra um eco mais prático desta teologia, pois é através dela que o povo de Deus mais se identifica.

As revelações de Cristo e por vezes da Virgem Maria centralizam toda atenção ao simbolismo do Coração de Jesus cheio de amor e de misericórdia pela humanidade.

É com Margarida Maria Alacoque (+1690) que a devoção ao Sagrado Coração de Jesus toma dimensões universais, graças à intervenção do seu confessor e impulsionador o jesuíta Cláudio de la Colombiere (+1682). Segundo a história, Jesus apareceu para ela e insistiu em que a Igreja dedicasse ao seu Coração uma festa específica logo após à festa de Corpus Christi.

Para a Igreja a festa do Amor divino, é a continua memória do Deus-Amor evocada nas Escrituras que 8000 vezes assinala o Coração com o sentido de todo do ser humano em sua plenitude.

Dom Vilson Dias de Oliveira, DC – Bispo da Diocese de Limeira, nos enviou a Celebração para essa Solenidade, com uma boa contextualização do surgimento dessa devoção, assim como uma ótima reflexão sobre as leituras dessa data.

CLIQUE AQUI para abrir a Celebração da Solenidade do Sagrado Coração de Jesus – ano A – 2017

Posted by: | Posted on: junho 15, 2017

SOLENIDADE DO SANTÍSSIMO CORPO E SANGUE DE CRISTO

Hoje nos reunimos em nossas comunidades, tendo presente a nossa vocação de peregrinos para a casa do Pai. Caminhamos como povo, como Igreja.

Vivemos tantos conflitos. Presenciamos tanta violência. Sonhamos com a paz. Estamos mergulhados no rio de injustiças e divisões. Sentimos pouca solidariedade. O povo precisa de pão, casa, emprego, saúde. O povo necessita de Deus e de amor.

Na celebração da Solenidade de Corpus Christi, sentimos que o Senhor está presente no meio do seu povo e nos alimenta com sua Palavra e com seu Pão, que é Ele mesmo, para que tenhamos vida, e vida em plenitude.

Que neste Ano Mariano em que lembramos os 300 anos do encontro da Imagem de Nossa Senhora da Conceição Aparecida, no rio Paraíba do Sul, Maria continue guiando os nossos caminhos rumo ao seu Filho, Jesus Cristo, o Pão vivo descido do céu!

A celebração, enviada por Dom Vilson Dias de Oliveira, DC – Bispo da Diocese de Limeira, é um ótimo subsídio para, além de refletirmos sobre essa celebração da nossa Igreja, aprendermos mais o seu significado na nossa vida e na nossa ação.

CLIQUE AQUI para abrir a Solenidade de CORPUS CHRISTI – ano A – 2017

Posted by: | Posted on: junho 8, 2017

Celebração da Solenidade da Santíssima Trindade

O Evangelho do próximo domingo, nos aponta, por meio do diálogo de Jesus com Nicodemos, um novo caminho de salvação. Pela fé em Jesus, se supõe atitudes de caminho de perfeição e, por isso, de salvação.

O filho de Maria não se coloca nas vestes de juiz, mas sim de salvador como o próprio anjo revela a ela pelo nome do menino, de onde ele veio, a sua filiação divina e a sua missão.

A Eucaristia, celebração da ação de graças, é ao mesmo tempo esta presença real de Cristo no meio da comunidade em festa, não para julgar, mas sim restaurar as forças dos fracos, na medida de sua fé.

A comunidade eucarística é a antecipação da vida trinitária que todos já possuímos na promessa do Batismo, assumida no Crisma e realizada na vida sacramental da Igreja.

Na vida eclesial, com a festa da Santíssima Trindade, se descobre significativos sinais vivenciados na fé e no amor de Deus.

A Celebração que compartilhamos com vocês foi enviada por Dom Vilson Dias de Oliveira, DC – Bispo da Diocese de Limeira

CLIQUE AQUI para abrir o arquivo da Solenidade da Santíssima Trindade – ano A – 2017

Posted by: | Posted on: junho 1, 2017

Celebração da Solenidade de Pentecostes

pentecostesNo próximo domingo, dia 4 de junho de 2017, vamos celebrar a descida do Espírito Santo sobre os apóstolos e sobre a Igreja de Cristo. Na celebração de Pentecostes, recordamos o dia em que a comunidade é revestida pela força do Espírito Santo para ser testemunha do Senhor ressuscitado, que a envia a anunciar o Evangelho a todos os povos, línguas e nações.

Esta festa ativa, em cada um de nós a vocação e a capacidade para o encontro, para o amor, para a união, para a doação, como pede a aclamação ao Evangelho: “Vinde, Espírito Santo, enchei os corações dos vossos fiéis e acendei neles o fogo do vosso amor”.

No Pentecostes, o mistério pascal é celebrado como um todo (morte, ressurreição, ascensão, envio do Espírito). O Concílio Vaticano II resgatou a unidade entre Páscoa o Pentecostes. Hoje, recordamos o dia em que o mistério pascal atingiu sua plena realização no dom do Espírito derramado sobre a Igreja. Pentecostes dever ser considerado como o coroamento do tempo pascal (ADAM, Adolf. O Ano Litúrgico. São Paulo, Edições Paulina, 1982, p.90)

O espírito do Ressuscitado torna-se grande dom da Igreja, tornando-a comunidade missionária pelo testemunho e pela palavra anunciada.

Celebremos a Páscoa de Jesus Cristo presente nas pessoas, grupos e comunidades que vivem e promovem a “reconciliação e a unidade entre os cristãos”.

A Solenidade de Pentecostes que postamos aqui, foi enviada por Dom Vilson Dias de Oliveira, DC – Bispo da Diocese de Limeira.

CLIQUE AQUI para abrir a Solenidade de Pentecostes – ano A – 2017

Posted by: | Posted on: maio 26, 2017

SOLENIDADE DA ASCENSÃO DO SENHOR – DIA MUNDIAL DAS COMUNICAÇÕES SOCIAIS

No próximo domingo, faremos memória da subida de Jesus aos Céus, vivendo o sentido mais profundo de sua ressurreição e da missão que ele nos confiou. Por sua fidelidade total, o Pai o elevou como Senhor de tudo e de todos.

Nós não somos testemunhas vivas da ascensão de Jesus, mas, como disse Santo Agostinho, nós acreditamos, pois aqueles que viram, tiveram uma experiência tão forte que saíram anunciando por todos os lugares com grande ardor, e essa experiência se espalhou por toda a terra, chegando até nós, que cremos. E todos aqueles que creem, celebram a ascensão de Jesus com grande devoção, pois ela é a confirmação definitiva de que Ele é o Senhor, é o Rei da Glória. Sabemos que não tem sentido celebrar a Ascensão se não estiver unida à Ressurreição, pois ela foi o prêmio conseguido pela fidelidade ao projeto do Pai.

No dia em que celebramos a Ascensão do Senhor Jesus, celebramos também o Dia Mundial das Comunicações Sociais. Por esse motivo, além de enviar a Celebração destinada a este domingo, D. Vilson Dias de Oliveira, DC – que é o Bispo responsável pela Animação da Pastoral da Comunicação no Regional Sul 1 DA CNBB,  nos enviou também o Subsídio preparado pela Pascom desse Regional, para esta data. Com o Subsídio, que traz uma síntese da Mensagem do Papa Francisco para esse Dia, há também uma sugestão de Celebração, que pode ser unida à Celebração da Solenidade e a integra da Mensagem do Papa Francisco.

Para facilitar a leitura e o download desses textos, nós os postamos separadamente, em PDF, como está nos links abaixo:

CLIQUE AQUI para abrir a Celebração da Ascensão do Senhor – ano A – 2017 

CLIQUE AQUI para abrir o Subsídio para o Dia das Comunicações Sociais – 2017

CLIQUE AQUI para abrir a SUGESTÃO de CELEBRAÇÃO para O DIA DAS COMUNICAÇÕES SOCIAIS

CLIQUE AQUI para abrir a MENSAGEM DO PAPA FRANCISCO para o DIA DAS COMUNICAÇÕES SOCIAIS – 2017

Posted by: | Posted on: abril 8, 2017

DOMINGOS DE RAMOS E DA PAIXÃO DO SENHOR

imagem simbolizando o Domingo de Ramos, com uma cruz feita de ramos dobrados e palmasCom a celebração do Domingo de Ramos, iniciaremos a Semana Santa de 2017. Podemos olhar a nossa caminhada quaresmal e compreender que a pedagogia litúrgica nos mostrou a importância do nosso compromisso com os biomas brasileiros. Diante dos poderes do mal, que destroem a natureza e impedem a vida de tantas pessoas, queremos pedir coragem para levantarmos nossa voz e proclamarmos a defesa da vida.

Que o Senhor nos ajude a reavivar a esperança dos que perderam o sentido da vida diante da destruição, da morte e da opressão. Neste Ano Mariano, peçamos a proteção de Nossa Senhora Aparecida, na celebração dos 300 anos do seu encontro nas águas do Rio Paraíba, para que ela possa nos fortalecer na defesa da vida e da Casa Comum.

A Celebração do Domingo de Ramos e Paixão do Senhor que postamos aqui foi enviada por D. Vilson Dias de Oliveira, DC – Bispo da Diocese de Limeira.

CLIQUE AQUI para abrir a Celebração do Domingo de Ramos e da Paixão do Senhor – ano A – 2017

Posted by: | Posted on: novembro 19, 2016

Celebração da Solenidade de Jesus Cristo, Rei do Universo!

Cristo-Rei.2A celebração deste 34º Domingo do Tempo Comum marca o ponto de chegada do Ano Litúrgico. Celebramos, os mistérios da vida de Jesus Cristo, desde seu nascimento até sua morte e ressurreição, sua ascensão, Pentecostes, e tantos outros mistérios da sua vida, da Virgem Maria e dos Santos. Neles celebramos também nossa caminhada para Deus. Este domingo apresenta-nos Jesus Cristo como Rei do Universo.

Somos convidados a contemplar a realeza e a divindade de Cristo. Mas atenção: o Evangelho nos apresenta essa realeza na cruz. Isto é importante para não cairmos num triunfalismo que Cristo nunca se atribuiu, ao contrário, sempre rejeitou. Ele é um Rei diferente: é o Rei da paz, do amor, da justiça, da santidade (Prefácio da Missa). Importa que vejamos em Cristo o destino de nossa vida, de toda a humanidade e de toda a criação.

Esta celebração aponta para o futuro e nos enche de esperança: nossa vida tem sentido e tem futuro, Deus é nosso futuro! Com essa certeza e alegria, sem descuidar de que a nossa missão nesta terra é construir o Reino de Deus. Read More …