Celebrações Dominicais do Tempo Litúrgico

now browsing by category

 
Posted by: | Posted on: dezembro 9, 2017

Celebração do Segundo Domingo do Advento

“Início do Evangelho de Jesus Cristo, Filho de Deus” (Mt 1,1). Assim começa o Evangelho de Marcos. Declara-se logo no início que o texto é um evanguelion, ou seja, uma Boa Notícia. Quando esta mensagem chega aos ouvidos de homens e mulheres deve, sim, gerar amor, alegria, esperança. As instituições religiosas, quando não se deixam guiar pelo Espírito, anunciam uma má notícia, bem diferente do Evangelho de Jesus Cristo. É preciso que insistamos no aspecto altamente positivo do Evangelho: sua alegria, sua força transformadora e ilimitada, a experiência salvífica que nos enche de felicidade e sentido.

A Celebração deste Segundo Domingo do Advento, enviada por Dom Vilson Dias de Oliveira,DC – Bispo da Diocese de Limeira, está no link abaixo:

CLIQUE AQUI para abrir a Celebração do Segundo Domingo do Advento – ano Ano B – 2017

Posted by: | Posted on: dezembro 1, 2017

Celebração do Primeiro Domingo do Advento

Iniciamos o Tempo do Advento. O termo vem do latim e significa “chegada, vinda”. Portanto, estamos no tempo da vinda do Senhor. Duas são as vindas do Senhor: a primeira já aconteceu, a sua vinda histórica, na carne; a segunda será a sua vinda definitiva, na glória.

Os dois primeiros domingos do Advento se ocuparão da vinda na glória, portanto, serão domingos escatológicos (escatologia = estudo sobre nossa realidade última, vida após a morte). Ainda não é hora de falarmos do presépio, de Jesus criança na manjedoura, mas do Cristo glorioso que virá.

O tema da vinda do Senhor nos leva, neste domingo, a acendermos a vela da vigilância. O Senhor virá como o dono da casa. Quando chegar, desejará que seus empregados estejam atentos ao cuidado de sua residência. Portanto, a nossa história não é um lugar de espera passiva. A expectativa vigilante não nos coloca como passageiros no portão de embarque. A vigilância nos leva a perceber a presença do Senhor na história e a provocar suas vinda

A Celebração do Primeiro Domingo do Advento, enviada por Dom Vilson Dias de Oliveira, DC – Bispo da Diocese de Limeira, nos ajuda a preparar bem o nosso Advento, é um bom subsídio para a catequese bíblica e também um bom instrumento para Diáconos e Ministros da Palavra que irão presidir as celebrações dominicais nos lugares onde não há sacerdote. 

CLIQUE AQUI para abrir o arquivo da Celebração do Primeiro Domingo do Advento – ano B – 2017

Posted by: | Posted on: novembro 16, 2017

Celebração do 33º Domingo do Tempo Comum

O final do Ano Litúrgico se aproxima. A liturgia procura manter-nos sintonizados com o evento fundante da nossa fé: o Senhor ressuscitado e presente no meio dos seus.

O Senhor aparece na parábola da figura de um homem que ia viajar para o estrangeiro, confia aos empregados um patrimônio de grande valor. A nós são confiados os talentos para a missão de cada um no mundo, na Igreja, na comunidade e na família.

Com a proximidade do fim do Ano Litúrgico, este 33º Domingo do Tempo Comum nos sugere uma avaliação ou uma certa prestação de contas.

Na Oração do dia está a resposta feita oração: “fazei que a nossa alegria consista em vos servir de todo o coração, pois só teremos felicidade completa servindo a vós (…)”.

O Senhor nos pergunta pelo sentido que damos para a nossa vida e o que dela fazemos na perspectiva da chegada do Reino de Deus. Essa avaliação acontece no encontro pessoal com ele. Não devemos ter medo dele nem considerá-lo um homem severo. O fato dele nos ter confiado uma grande missão, revela que ele confia em nós.

A Celebração deste 33º Domingo, enviada por Dom Vilson Dias de Oliveira, DC – Bispo da Diocese de Limeira, nos ajuda na Catequese e também na boa preparação da Liturgia.

CLIQUE AQUI para abrir a Celebração do 33º Domingo do Tempo Comum – ano A – 2017

Posted by: | Posted on: novembro 10, 2017

Celebração do 32º Domingo do Tempo Comum

No banquete do Senhor, celebrado pela comunidade, neste 32º Domingo, nós somos os convidados. Na parábola das dez virgens prudentes e das virgens imprudentes, contemplaremos a realidade do reino futuro, quando a humanidade se apresentará ao Pai plenamente glorificada.

Recebemos do Senhor a recomendação da vigilância ativa, com os olhos abertos para atender os seus sinais: “Ficai atentos! Porque não sabeis em que dia” (Mt 24,42); “Vigiai e orai, para não cairdes em tentação” (Mt 14,38); “Ficai e atentos e orai a todo o momento (…) para ficardes de pé diante do Filho o Homem” (Lc 21,36).

Celebremos confiantes a Páscoa de Jesus que se revela em todas as pessoas e comunidades atentas e vigilantes aos sinais de Deus no curso da história.

CLIQUE AQUI para abrir a Celebração do 32º Domingo Tempo Comum – ano A – 2017

Posted by: | Posted on: outubro 26, 2017

Celebração do 30° Domingo do Tempo Comum

Na Celebração deste 30º Domingo do Tempo Comum, recordamos o jeito mais concreto que Jesus tem de viver o amor total e a solidariedade para conosco, entregando-se e indo até o fim na opção pela vida. Ele nos confia, no Evangelho que vive, seu único mandamento, síntese da Lei e dos Profetas e que se expressa de duas maneiras interdependentes: na comunhão amorosa com Deus e na alegria da comunhão fraterna.

Neste domingo, encerrando o Mês Missionário, celebramos também o Dia Nacional da Juventude. Rezemos por todos os nossos jovens, para que, sendo evangelizados, possam também ser evangelizadores nos ambientes em que vivem.

A Celebração do 30º Domingo do Tempo Comum nos foi enviada por Dom Vilson Dias de Oliveira, DC – Bispo da Diocese de Limeira.

CLIQUE AQUI para abrir a Celebração do 30º Domingo do Tempo Comum – ano A – 2017

Posted by: | Posted on: outubro 20, 2017

Celebração do 29º Domingo do Tempo Comum – Dia Mundial das Missões

Nesta celebração do dia Mundial das Missões, vamos refletir sobre a relação de Jesus em seu enfrentamento com as autoridades de seu tempo e prolongada nas pessoas e comunidades que permanecem firmes em sua opção por Deus e pela vida, mesmo enfrentando tentações, dificuldades e até ameaças.

Conduzidos pela mão do Senhor, vamos acolher a Palavra da salvação, que vem a nós com a força do Espírito e nos ensina a devolver a Deus o que lhe pertence.

Somos tentados frequentemente a “comprar deus” com dinheiro ou falsas promessas e dar a César o que é de Deus. O que é de Deus? O que é de César? Não podemos cair na armadilha e trair os princípios e valores do Reino de Deus. Pedimos a graça de estar ao dispor de Deus e servi-Lo de todo o coração.

Pedimos também a sabedoria para nunca perdermos de vista nosso lugar e nossa missão no mundo, e que o Espírito Santo nos faça reconhecer sempre a presença do Reino que, muitas vezes, supera nossa compreensão e vai além daquilo tudo que fazemos.

A Celebração, enviada por Dom Vilson Dias de Oliveira, DC – Bispo da Diocese de Limeira, que você pode acessar no link abaixo, nos ajudará a compreender melhor a Liturgia deste 29º Domingo do Tempo Comum, e a preparar tanto o encontro de Catequese bíblica, quanto a Celebração da Palavra, nas comunidades que não terão a presença de sacerdotes para presidir a Celebração.

CLIQUE AQUI para abrir a Celebração do 29º Domingo do Tempo Comum – ano A – 2017

Posted by: | Posted on: outubro 14, 2017

CELEBRAÇÃO DO 28º DOMINGO DO TEMPO COMUM

Pelo batismo fomos convidados a entrar na “sala da festa”, isto é, na Igreja, para participarmos do banquete da salvação universal. Quando aceitamos o convite de Jesus para participar do seu Reino, precisamos nos afastar de todos os nossos conceitos, e preconceitos e nos deixar guiar pelo Espírito Santo que nos revestirá com a veste da santidade de Deus.

A Celebração do 28º Domingo do Tempo Comum, enviada por Dom Vilson Dias de Oliveira, DC – Bispo da Diocese de Limeira, nos ajuda a refletir e a bem celebrar a nossa Missa, além de ser um bom subsídio para quem irá presidir a Celebração da Palavra neste domingo, dia 15 de outubro de 2017.

CLIQUE AQUI para abrir a Celebração do 28º Domingo do Tempo Comum – ano A – 2017

Posted by: | Posted on: outubro 6, 2017

Celebração do 27º Domingo do Tempo Comum

Reunidos em comunidade e testemunhando a mesma fé em Jesus Cristo, nosso Salvador, formamos o Povo de Deus, a caminho do nosso destino eterno. E a liturgia deste 27º Domingo do Tempo Comum, ano A, nos mostra como Deus é generoso em oferecer o dom da salvação a todos. E mesmo que uns e outros desprezem e recusem, Ele continua oferecendo a quem possa produzir os frutos esperados. É a imagem da vinha. Como Igreja, nós somos a vinha do Senhor, para que possamos produzir frutos de conversão e de perseverança.

CLIQUE AQUI para abrir a Celebração do 27º Domingo do Tempo Comum – Ano A – 2017

Posted by: | Posted on: setembro 30, 2017

CELEBRAÇÃO DO 26º DOMINGO DO TEMPO COMUM

Na Liturgia do 26º Domingo do Tempo Comum, ano A, Jesus nos ensina a reconhecer a justiça das pessoas que não tem boa fama, mas praticam a justiça. Ensina-nos a denunciar, para o bem deles e de todos que sofrem sua influência, as que têm boa fama, os considerados santos, mas que não praticam a justiça, conforme o projeto do Pai. Jesus é o Filho que diz “sim” e faz o que o Pai decidiu. Todas as pessoas que acolhem e seguem concretamente Jesus cumprem a vontade do Pai.

A Celebração do 26º Domingo do Tempo Comum, enviada por Dom Vilson Dias de Oliveira, DC – Bispo da Diocese de Limeira, nos ajuda a compreender a Palavra de Deus desta liturgia, para que ela nos transforme.

CLIQUE AQUI para abrir a Celebração do 26º Domingo do Tempo Comum – Ano A – 2017

Posted by: | Posted on: setembro 23, 2017

CELEBRAÇÃO DO 25º DOMINGO DO TEMPO COMUM

A liturgia é o lugar privilegiado da proclamação e da escuta da Palavra de Deus. O Evangelho deste 25º Domingo do Tempo Comum nos leva a pensar no trabalho, na oportunidade de emprego, no sustento da família e na vida digna para todos. Angustia ao coração humano e sensível, muito mais à consciência dos cristãos, a multidão de desempregados, as pessoas que passam fome, a falta de moradias dignas, as injustiças sociais, e do outro lado, o número privilegiado de pessoas ricas e poderosas que pouco se importam com os que não têm pão, casa e emprego. É uma divisão complexa e fere profundamente o coração humano.

Mateus, na narração do Evangelho, nos conta a parábola da videira que é a imagem tradicional de Israel. A parábola revela a situação de desemprego existente na Palestina no tempo de Jesus. A jornada costumava ser de sol a sol e era paga diariamente. Os últimos são pessoas necessitadas, sem trabalho e sem salário. A Primeira Aliança ensina que o salário de um trabalhador não deve permanecer nas mãos do patrão até o dia seguinte (cf. Dt 24, 15; Lv 19,13); o ensinamento de Jesus ultrapassa significativamente essa lei. Suas advertências e sua promessa incluem a todos, primeiros e últimos.

A parábola do bom patrão mostra que Jesus estava muito engajado e por dentro da vida e do sofrimento de seu povo. Mostra também que Ele é um profeta, porque, do cotidiano da vida Ele arranca a novidade de sua mensagem, indo além, da realidade. Com essa parábola, Jesus nos revela quem é Deus: Pai bondoso que age além da justiça e da compreensão humana. O importante é que todos tenham o necessário para viver bem e serem felizes. Na justiça do Reino de Deus, não há lugar para discriminações.

A Celebração do 25º Domingo do Tempo Comum, enviada por Dom Vilson Dias de Oliveira, Bispo da Diocese de Limeira – SP, aprofunda ainda mais a reflexão da Liturgia desse domingo, propiciando melhor conhecimento da Palavra e atualização desta para a nossa realidade. É um bom subsídio para a catequese e também para aqueles que irão presidir as Celebrações da Palavra, nas comunidades onde não há sacerdotes.

CLIQUE AQUI para abrir a Celebração do 25º Domingo do Tempo Comum – ano A – 2017