Bíblico-Litúrgica

now browsing by category

 
Posted by: | Posted on: agosto 21, 2017

A identidade

De que e de quem. Poderia ser do Brasil, ou de cada brasileiro. Refiro-me à identidade de Jesus Cristo, o Filho de Deus, que se fez homem como todos nós, que veio ao mundo com a missão de salvação e a cumpriu dando a vida por essa causa. Ele é a revelação de Deus Pai, fiador de uma vida pautada na dignidade e no respeito incondicional pela natureza criada para o bem das pessoas.

A dimensão autêntica da fé nos leva à ideia real de Deus, que vemos em Jesus Cristo, não como alguém que castiga e faz distinção entre as pessoas e que privilegia um e exclui outro. Ele é o Deus da vida, que supera todo tipo de fraqueza, de revolta, violência e desânimo para construir a sociedade do amor e da fraternidade. Sua identidade deve acontecer na vida de cada ser humano. Read More …

Posted by: | Posted on: agosto 15, 2017

Sinal de esperança

Muitas pessoas se desesperam quando se envolvem com os problemas do cotidiano. Isso é sinal de fragilidade e de desequilíbrio emocional, provocado pelo contexto social do momento, mas também pela própria identidade e formação de cada indivíduo. As pessoas existem para viver, descobrindo na vida as motivações de esperança, olhando para o futuro como possibilidade concreta de felicidade.

A História da Salvação projetada pelo Senhor da vida, que perpassa por todo o Antigo Testamento e continua nos novos tempos, tem suas marcas dentro do contexto da Sagrada Escritura. A Bíblia está recheada de figuras concretas de pessoas que acreditaram em projetos de esperança. Foram grandes sinais de vida e de construção do Reino de Deus, e lutaram para realizá-lo com determinação.

Entre tantas personagens bíblicas, que foram modelos para as novas culturas, destacamos a figura de Maria, a Mãe de Jesus Cristo, pessoa simples, mas com personalidade forte e determinada. Sua postura foi indiscutivelmente firme, levando avante o “sim” como resposta a uma proposta desafiante no projeto de Deus. O “Faça-se em mim segundo sua a tua palavra” (Lc 1,38) a identifica no projeto. Read More …

Posted by: | Posted on: agosto 8, 2017

Vida insegura

Estamos vivenciando, no território brasileiro, uma história esfacelada, de insegurança, de medo generalizado de tudo, e ameaçada por intolerância, ganância, relativismo, injustiça e muita insensibilidade das pessoas. Foi justamente aquilo que sentiram os apóstolos de Jesus Cristo quando foram ameaçados pela tempestade em alto mar. Eles se viram totalmente perdidos e inseguros.

O barco agitado pelas águas, no Mar da Galileia, com os apóstolos e Jesus, simboliza a Igreja remando nas instabilidades da sociedade moderna. Ela não perde sua força de ação justamente por ter a presença de Jesus Cristo e a orientação do Espírito Santo. No barco da Igreja estão todos os cristãos, mas ameaçados pelos acontecimentos, que são como tempestade em alto mar. Read More …

Posted by: | Posted on: julho 31, 2017

Mudanças necessárias

O então momento histórico mundial passa por mudanças muito rápidas, numa velocidade difícil de ser acompanhada pelo normal dos humanos. Assistimos a uma provocação incontida de transformação, assentada na cultura do consumo desenfreado. Isso causa, sem dúvida, uma profunda vulnerabilidade em tudo e chegamos até perder a capacidade de relações duradouras e estáveis.

Por outro lado, encontramos também quem faz todo esforço para assegurar um conservadorismo incompatível com as estruturas modernas. Criamos choques de realidades ideológicas e práticas, até emperrando o processo da mentalidade que persegue um futuro com moldes ainda totalmente inconcebíveis. Mesmo com os altos e baixos da história, não há como paralisar mudanças subsequentes.

Jesus usa a palavra transfigurar, começando a prática por Ele mesmo. Mas um caminho que começa na cruz, nas renúncias e na capacidade de doação, de partilha e de construção do bem comum. Essa é a mudança necessária que precisa acontecer no Brasil, superar o egoísmo, as injustiças e as irresponsabilidades, que provocam o sofrimento e a morte de grande parte dos cidadãos do país. Read More …

Posted by: | Posted on: julho 24, 2017

Crise de valores

O maior valor, que toca a vida das pessoas, é o reino de Deus, mas colocado no ostracismo na cultura moderna. Na verdade, estamos numa profunda crise de valores, onde assistimos um grande esforço da mídia para vender ideologias. São evidenciados fortemente os interesses meramente particulares e egoístas, chegando a não diferenciar aquilo que é verdadeiro e o que é falso.

Seguir a vontade de Deus é ser capaz de achar tesouros escondidos no seio da sociedade. O reino de Deus é como um tesouro presente no meio do povo. É um dom, que para encontrá-lo, a pessoa precisa fazer renúncias e desprendimentos, deixando algo próprio, porque supõe fazer opções radicais. É uma realidade inconcebível pela cultura do prazer, que não enfrenta uma vida de sacrifícios.

O reino citado deve se identificar com o modo de viver de Jesus Cristo e ser assumido na vida de cada pessoa. A marca principal é a prática do amor, como forma de realizar a vontade de Deus, expressa nos Evangelhos. Isso supera a ânsia desenfreada da prosperidade pessoal e da segurança nacional. O amor é forte e consegue vencer as dificuldades que aparecem na vida cotidiana. Read More …

Posted by: | Posted on: julho 17, 2017

Campo de trigo e joio

A sociedade, principalmente moderna, é um campo aberto, livre e munido de uma grande fertilidade, capaz de construir o bem e o mal. Temos muitos bons trigos, mas também uma gama de péssimos joios que, misturados, causam uma realidade confusa e dominada por forças de espertalhões sem critérios éticos. Em determinados momentos, o joio precisa ser separado do trigo.

No caso brasileiro, o joio está tão misturado com o trigo, a ponto de estar presente também em nós. Só o fato da falta de reação diante dos dominadores já significa ter dentro de si um pouco de joio. São duas sementes de dois semeadores. A vontade do trigo é destruir o joio de forma violenta, mas há um processo histórico que deve ser feito, que passa pelo caminho da conscientização da população. Read More …

Posted by: | Posted on: julho 11, 2017

A cegueira dos sábios

Quem é muito focado em si mesmo não consegue enxergar as realidades sofridas da sociedade. A soberba e o individualismo sobem tanto na cabeça, que até provocam escândalos no exercício do poder e do dinheiro. Podemos até dizer de uma sabedoria “burra”, fadada a ser negociada pela justiça, porque a injustiça tem pernas curtas. Mais cedo ou mais tarde aparecem as consequências.

O coração humano é um terreno fértil. É uma terra de onde brotam e crescem as práticas do bem e do mal. Ele é responsável pela execução dos diversos valores, para construir ou destruir a vida da sociedade. No coração das pessoas está implantada a sabedoria divina, a capacidade para colocar em prática a Palavra do Evangelho, que indica os passos que conduzem para se chegar a uma vida feliz. Read More …

Posted by: | Posted on: julho 3, 2017

Fardo pesado

Quando olhamos para as palavras proferidas por Jesus, vemos que elas são fundamentais para todas aquelas pessoas que enfrentam diversos tipos de sofrimentos na vida. Jesus disse: “Vinde a mim, vós todos que estais aflitos sob o fardo, e eu vos aliviarei” (Mt 11,28). Muitos fardos são impostos sobre as pessoas, e de formas muito desonestas, impedindo a qualidade de seu viver.

Olhando para as realidades do mundo todo, vemos as marcas violentas das práticas de injustiça, provocando sofrimento às pessoas. É até incontável o grande número dos empobrecidos e sofredores, em todos os lugares. Aí está o motivo pelo qual sofrem as consequências, realizando as grandes migrações. As pessoas estão sempre em busca de vida digna e melhor, sem fardos pesados.

Existe uma falta de sabedoria e de uma vontade realmente sincera para construir um mundo e uma sociedade melhores, e sabemos que isso é possível. A verdadeira sabedoria tem uma dimensão divina, e está voltada para a felicidade de todas as pessoas, mas o próprio homem a canaliza para objetivos contrários aos planos de Deus. Acabam criando fardos e sofrimento para o povo. Read More …

Posted by: | Posted on: junho 26, 2017

Alicerce da fé

A sustentação de um edifício depende da base que foi feita. O mesmo acontece com as estruturas existentes na sociedade, seja do país, do Estado, dos Municípios, das organizações instituídas, da família, das Igrejas etc. A Palavra da Sagrada Escritura já fala que casa construída sobre a areia não fica de pé (cf. Mt 9,26).

Todo bispo católico é convocado, de tempo em tempo, para realizar a “Visita ad limina”, isto é, aos túmulos dos apóstolos, de modo particular, de Pedro e Paulo. Eles são constituídos como colunas de sustentação da Igreja. A Pedro Jesus disse: “Tu és Pedro, sobre esta pedra construirei minha Igreja” (Mt 16,18). Paulo foi o grande missionário, como lemos no livro dos Atos dos Apóstolos. Read More …