Vocação

now browsing by category

 
Posted by: | Posted on: Abril 5, 2018

A hora dos leigos? Mas de que leigos estamos falando?

Cesar Kuzma

A hora dos leigos? Sim, foi o que se pensou com o Concílio Vaticano II e, em 2016, o Papa Francisco resgatou esta ideia dos teólogos conciliares e disse praticamente a mesma coisa, em uma carta enviada ao Cardeal Marc Ouellet. Para o Papa, uma hora que está tardando a chegar.

No entanto, diante de algumas manifestações e expressões que estamos vendo atualmente, vale lançar outra pergunta: de que leigos exatamente se fala e se espera nesta hora? Se o futuro da Igreja passa pelo viés dos leigos, como se diz, há nesta afirmação uma intenção eclesiológica, mas é necessário ficar atento para não se desviar da atenção primeira e para fazer clarear a novidade que se percebe e se propõe. Por certo, não estamos à espera de leigos clericalistas, obsessivos e extremamente fundamentalistas, que caem num moralismo radical e inconsequente, e doutrinariamente incitam mais o ódio e a falta de comunhão eclesial, que carecem de um bom senso, desrespeitando expressões, participações e membros da mesma Igreja, recusando a intenção do Concílio que lançou esta espera, ao reafirmar, com toda a Tradição, que a Igreja é Mistério e é Povo de Deus (Lumen Gentium), e que deve estar atenta aos sinais dos tempos (Gaudium et Spes). O Concílio trouxe ao leigo autonomia e corresponsabilidade na missão, podendo este agir e atuar de um modo próprio, contudo no viver de uma koinonia e em busca de uma maturidade que se abre à ação do Espírito e se empenha em seguir os passos de Jesus, agindo no tempo e na história para fazer acontecer de modo antecipado, escatologicamente, a construção do Reino prometido e esperado.

Read More …

Posted by: | Posted on: agosto 16, 2017

Vocação à Vida Consagrada

A Vida Religiosa Consagrada

Com a expressão Vida Religiosa Consagrada nos referimos a certos cristãos – homens e mulheres – que vivem uma forma especial de seguimento a Jesus Cristo. Vivem em comunidade. Cultivam a oração. Meditam a Palavra de Deus. E participam na missão evangelizadora da Igreja, com especial atenção aos que foram os preteridos de Jesus; pobres, enfermos, pequenos…Os que abraçam essa forma de vida, não casam, vivem pobremente, e obedecem a regra e constituições próprias do Instituto a que pertencem.

Olhando mais de perto. A Vida Religiosa é uma forma de pertença a Deus e a Cristo, uma adesão amorosa ao Evangelho e ao Reino de Deus. Pode parecer estranho, mas a iniciativa dessa escolha não é da pessoa, mas de Deus. A pessoa sente-se chamada, atraída, envolvida pelo amor de Deus que a solicita. E a certa altura a pessoa se dá conta que esse amor é tudo, vale tudo, merece tudo, está acima de tudo. E então “se rende”. Entrega-se, deixa-se conduzir, coloca-se ao seu dispor: “Senhor, que queres que eu faça?” Read More …

Posted by: | Posted on: agosto 1, 2017

A Primeira Vocação é o chamado à Vida!

“Antes mesmo de te formar no ventre materno, eu te conheci; antes que nascesses, eu te consagrei …” (Jer 1,5)

Eu não pedi para nascer! … Muitas vezes essa frase está na boca de adolescentes e jovens que acreditam ser responsabilidade dos pais o seu nascimento e, por isso, terem direito a tudo.

No entanto, nossos pais são apenas instrumentos de transmissão da vida, escolhidos por Deus para continuar a sua obra criadora e dar à luz aqueles que Ele mesmo chamou à vida.

Certamente essa colaboração dos pais, e de modo particular da mãe para com Deus precisa de consentimento, pois se, a exemplo de Maria, nossa mãe não tivesse dado o seu “SIM”, talvez fôssemos abortados, e ninguém sentiria falta de nós, nem poderia notar a nossa ausência. Read More …