sexta-feira, fevereiro 23rd, 2018

now browsing by day

 
Posted by: | Posted on: fevereiro 23, 2018

I Pregação Quaresma do Frei Raniero Cantalamessa – texto integral

“Não vos conformeis com a mentalidade deste mundo” (Rm 12, 2), foi o tema da I reflexão da Quaresma do Frei Raniero Cantalamessa na Capela Redemptoris Mater a membros da Cúria do Vaticano. O Papa Francisco não participou por estar concluindo os Exercícios Espirituais em Ariccia.

 

Confira o texto na íntegra (A tradução é de Thácio Siqueira):

“Não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos pela renovação do vosso espírito, para que possais discernir qual é a vontade de Deus, o que é bom, o que lhe agrada e o que é perfeito.” (Rom 12, 2).

Numa sociedade em que todos se sentem investidos da tarefa de transformar o mundo e a Igreja, cai esta palavra de Deus que nos convida a transformar-nos a nós mesmos. “Não vos conformeis com este mundo”: depois dessas palavras, esperávamos ouvir: “mas transformai-o!”; em vez disso, se diz: “mas transformai-vos!”. Transformar, sim, o mundo, mas o mundo que está dentro de vós, antes de pensar em transformar o mundo que está fora de vós.

Será esta palavra de Deus, tirada da Carta aos Romanos, que nos introduzirá este ano no espírito da Quaresma. Como fazemos há alguns anos, dedicamos a primeira meditação a uma introdução geral à Quaresma, sem entrar no tema específico do programa, até mesmo por causa da ausência de parte do auditório envolvido nos Exercícios Espirituais. Read More …

Posted by: | Posted on: fevereiro 23, 2018

Celebração do 2º Domingo da Quaresma

No segundo domingo da Quaresma, o Domingo da Transfiguração do Senhor, mudamos do deserto para o Tabor, da tentação para a glória. Com Jesus e os seus três discípulos, subimos a montanha, para fazermos a experiência da intimidade, anteciparmos a visão de sua glória e recebermos o mandato de escutar a sua palavra. Vivemos, neste domingo, o mistério da vida que passa pela morte.

Escutando o Evangelho da transfiguração, entrevemos a glória de Cristo, a face luminosa do mistério pascal. O Pai, que exprime seu amor pelo Filho-Servo Sofredor é o mesmo que o acolherá à sua direita. Nós que, com os três discípulos, subimos um alto monte, recordamos o brilho da Aliança de Deus com seu povo liberto da escravidão e o caminho da partilha do pão, do poder e da terra. Em Jesus, renova-se essa Aliança, esse mesmo projeto libertador, projeto de vida.

A Celebração que Dom Vilson Dias de Oliveira, DC – Bispo da Diocese de Limeira, nos enviou traz uma boa reflexão sobre a Palavra de Deus, neste domingo.

CLIQUE AQUI para abrir a Celebração do 2º Domingo da Quaresma – ano B – 2018

Posted by: | Posted on: fevereiro 23, 2018

Iniciação à vida Cristã: um encontro com Jesus Cristo na comunidade Cristã

A reflexão sobre a iniciação à vida cristã ajuda a descobrir caminhos para uma catequese que leve o catequizando a um encontro com Jesus Cristo na comunidade cristã.

A iniciação à vida cristã é um desafio que precisa ser encarado com decisão, com coragem e criatividade, visto que em muitas partes a iniciação cristã tem sido pobre e fragmentada. O documento de Aparecida já nos alerta: “ou educamos na fé, colocando as pessoas realmente em contato com Jesus Cristo e convidando-as para seu seguimento, ou não cumpriremos nossa missão evangelizadora” (DAp, 287).

Nesse sentido não podemos descuidar dos Evangelhos, fazendo deles nossos livros de cabeceira, ou nos limitamos ao que nos ensinam os catecismos, isto é, a cumprir certos ritos e a ouvir algumas homilias acerca de Deus. Read More …

Posted by: | Posted on: fevereiro 23, 2018

Igreja – Assembleia do povo de Deus

Irmão Nery, fsc

Igreja vem dos termos hebraicos QAHAL (Comunidade reunida), `EDÂH (Congregação, povo congregado) e `ÃM (Povo), dando origem a “Qehal edah Yisrael” (Comunidade de Israel reunida). Gente, pessoas, povo e não templo, salão, paredes Trata-se, porém de um Povo especial, porque “convocado pelo próprio Deus”, que, por total gratuidade, fez com ele uma Aliança. Um povo que se coloca à escuta da DABAR, a Palavra de Deus: “Schmá, Israel!”. 

O Cristianismo nasce no mundo judeu: José, Maria, Jesus, os apóstolos, os discípulos, são judeus. Inicialmente os seguidores de Jesus Cristo, frequentavam assiduamente o Templo e as Sinagogas, para ali “escutarem a Palavra de Deus”. Posteriormente o fizeram em casas de família, pois o centro da Assembleia era Jesus Ressuscitado. E ele, para eles, era “a Palavra de Deus (Dabar Yahweh), encarnada, que ensinou, realizou gestos de libertação, deu a vida pela a nossa salvação, foi sepultado, mas ressuscitou, foi glorificado pelo Pai e conosco permanece para sempre. A razão de ser de cada um, de cada uma e da Assembleia era o próprio Jesus Cristo e não mais os Livros da Lei (a Torá). Era preciso ouvir os relatos da vida e missão de Jesus.  Read More …