julho, 2017

now browsing by month

 
Posted by: | Posted on: julho 31, 2017

AGOSTO: “MÊS VOCAIONAL”

No Brasil, o mês de agosto é dedicado às Vocações. E quando falamos em vocação, estamos falando do chamado que cada ser humano recebe para escolher seu caminho de vida. Ao longo da vida recebemos diferentes chamados. O chamado primordial é o de “ser humano”, isto é, de viver de acordo com a natureza humana que recebemos do Criador. E dentro do chamado a “ser humano” também há o chamado à fé e à espiritualidade, que são próprias do ser humano. Além disso, há o chamado à dedicação da própria vida. Há aqueles que escolhem dedicar a vida na criação e cuidado de uma família, há outros que preferem dedicá-la ao serviço sacerdotal; outros ainda optam por dedicá-la ao serviço missionário ou ao serviço da caridade. Enfim, há muitas vocações, e todas emanam de Deus Pai.  

Assim, durante o mês de agosto, as comunidades promovem momentos de oração, meditação e ação em prol das diversas vocações humanas. Read More …

Posted by: | Posted on: julho 31, 2017

Mudanças necessárias

O então momento histórico mundial passa por mudanças muito rápidas, numa velocidade difícil de ser acompanhada pelo normal dos humanos. Assistimos a uma provocação incontida de transformação, assentada na cultura do consumo desenfreado. Isso causa, sem dúvida, uma profunda vulnerabilidade em tudo e chegamos até perder a capacidade de relações duradouras e estáveis.

Por outro lado, encontramos também quem faz todo esforço para assegurar um conservadorismo incompatível com as estruturas modernas. Criamos choques de realidades ideológicas e práticas, até emperrando o processo da mentalidade que persegue um futuro com moldes ainda totalmente inconcebíveis. Mesmo com os altos e baixos da história, não há como paralisar mudanças subsequentes.

Jesus usa a palavra transfigurar, começando a prática por Ele mesmo. Mas um caminho que começa na cruz, nas renúncias e na capacidade de doação, de partilha e de construção do bem comum. Essa é a mudança necessária que precisa acontecer no Brasil, superar o egoísmo, as injustiças e as irresponsabilidades, que provocam o sofrimento e a morte de grande parte dos cidadãos do país. Read More …

Posted by: | Posted on: julho 29, 2017

Celebração do 17º Domingo do Tempo Comum

Neste 17º Domingo do Tempo Comum o centro das atenções vai para a sabedoria. Salomão é considerado o rei sábio pela Bíblia, elogiado por Deus, e não pediu outra coisa que não fosse este dom para bem governar seu povo. Neste mesmo caminho o apóstolo nos afirma que somos predestinados a sermos conforme a imagem de Cristo.

Mas o que significa esta imagem? Significa sermos obedientes e coerentes a partir do Batismo que recebemos para a verdade, a justiça e o direito e que seja a bússola norteadora da vida do cristão. Ora, Mateus vai nos apresentar a escolha sábia daquele(a) que, descobrindo o que há de mais importante na vida, Cristo e seu reino, tudo investe para que seja expandido dentro do coração e ao seu redor.

Veja a continuação desta bela reflexão que nos recorda e atualiza a Palavra de Deus, na Celebração que nos foi enviada por Dom Vilson Dias de Oliveira, DC – Bispo da Diocese de Limeira. Ela ajuda a compreender a mensagem da Liturgia da Palavra deste domingo, e também auxilia quem vai presidir as Celebrações da Palavra nas comunidades que não dispõe de sacerdotes. E também é um forte apoio à Catequese, pois prepara catequistas para os encontros que têm por base o Evangelho dominical.

A Celebração está no link abaixo:

CLIQUE AQUI para abrir a Celebração do 17º Domingo do Tempo Comum – ano A – 2017

Posted by: | Posted on: julho 28, 2017

Dinâmica para reiniciar a Catequese

Retomar a Catequese depois das férias escolares nem sempre é uma tarefa fácil quando lidamos com adolescentes. Eles retornam cheios de novidades e com uma enorme vontade de falar sobre as suas experiências de vida nas férias, têm muito para contar.

Mas, para o bom desenvolvimento da Catequese, é necessário atrair as suas atenções e despertar neles o interesse especial para a vivência da fé.

Assim, fui à procura de alguma dinâmica que possibilitasse acalmar os ânimos adolescentes e ao mesmo tempo conectá-los para tornar a Catequese frutuosa.

E encontrei esta dinâmica chamada “Corações conectados”, que está no livro “Dinâmicas de Integração – para formar grupos vencedores” de autoria de Ney Wendell, que foi publicado pela Editora Vozes. É um livro muito interessante, que traz 71 dinâmicas fáceis de serem aplicadas e adaptadas na Catequese. A que escolhemos é a número 51.

Eu adaptei essa dinâmica que escolhi, para apresentar a vocês de forma bem simples. Ela possibilita a interação e o acolhimento entre adolescentes, além de trabalhar a ligação fraterna indispensável na vivência cristã.

Coloco a sequência da dinâmica em PDF, no link abaixo, para facilitar que ela seja baixada no seu computador e seja impressa.

CLIQUE AQUI para abrir o arquivo da DINÂMICA DO CORAÇÃO CONECTADO

Posted by: | Posted on: julho 24, 2017

Crise de valores

O maior valor, que toca a vida das pessoas, é o reino de Deus, mas colocado no ostracismo na cultura moderna. Na verdade, estamos numa profunda crise de valores, onde assistimos um grande esforço da mídia para vender ideologias. São evidenciados fortemente os interesses meramente particulares e egoístas, chegando a não diferenciar aquilo que é verdadeiro e o que é falso.

Seguir a vontade de Deus é ser capaz de achar tesouros escondidos no seio da sociedade. O reino de Deus é como um tesouro presente no meio do povo. É um dom, que para encontrá-lo, a pessoa precisa fazer renúncias e desprendimentos, deixando algo próprio, porque supõe fazer opções radicais. É uma realidade inconcebível pela cultura do prazer, que não enfrenta uma vida de sacrifícios.

O reino citado deve se identificar com o modo de viver de Jesus Cristo e ser assumido na vida de cada pessoa. A marca principal é a prática do amor, como forma de realizar a vontade de Deus, expressa nos Evangelhos. Isso supera a ânsia desenfreada da prosperidade pessoal e da segurança nacional. O amor é forte e consegue vencer as dificuldades que aparecem na vida cotidiana. Read More …

Posted by: | Posted on: julho 22, 2017

Celebração do 16º Domingo do Tempo Comum

A beleza da mensagem do Evangelho deste 16º Domingo do Tempo Comum deve ser para quem crê que, seja no nosso coração ou ao nosso redor, caminham juntos o bem e o mal. Mas vencer todos os obstáculos será um dos melhores frutos que a planta bem regada e adubada pode dar.

Esta Celebração, enviada por Dom Vilson Dias de Oliveira, DC – Bispo da Diocese de Limeira, é um bom apoio para todos aqueles que deverão presidir as celebrações da Palavra, nas comunidades onde não há sacerdote. Também é um bom subsídio para a Catequese que trabalha a partir das leituras dominicais. E além disso, é um ótimo meio de refletir e aprofundar o conhecimento da mensagem transmitida pela Palavra de Deus, pois não basta ler a Bíblia, é importante buscar atualizar a mensagem que a Palavra traz para os nossos dias e a nossa realidade. Por isso convidamos vocês a aproveitar bem esta celebração, e compartilhar com a sua comunidade.

CLIQUE AQUI para abrir a Celebração do 16º Domingo do Tempo Comum – ano A – 2017

 

Posted by: | Posted on: julho 21, 2017

Dinâmica dos Símbolos da nossa Fé

Pensando em uma forma lúdica de falar sobre os Símbolos da nossa fé, na Catequese, que desperte o interesse e seja bem gravado pelos adolescentes, imaginei aproveitarmos um jogo de desenhos.

Esse jogo precisa apenas de duas cartolinas, que, de preferencia, tenham cores diferentes, para fazer algumas cartas pequenas. Em uma das cartolinas serão cortadas cartas onde vamos escrever números. E na outra cartas onde vamos escrever o nome de símbolos.

Além disso, será preciso um quadro negro ou lousa, com giz, para fazer o desenho. Na falta deles, pode-se usar um cavalete de madeira com bloco de papel pardo, ou até mesmo um cavalete de papelão, para colocar sobre uma mesa.  Nesse caso, o desenho será feito com canetão ou giz de cera. Veja as imagens as imagens que postamos para dar ideias. 

O importante é que todos possam ver o que está sendo desenhado.

É um jogo alegre e vibrante. E o catequista, se quiser, pode levar como prêmio para a equipe vencedora, aquela que tiver conseguido mais pontos, algumas balas. Mas será importante trabalhar com eles a importância de partilhar o que ganharam, de forma que todos ganhem pelo menos uma bala.

A explicação da Dinâmica está em PDF, para facilitar a vocês fazerem o download e salvar no seu computador e imprimir quando necessário.

CLIQUE AQUI par abrir a Dinâmica dos Símbolos da nossa Fé

Posted by: | Posted on: julho 19, 2017

FAMÍLIA CRISTÃ: IGREJA DOMÉSTICA

Artigo de Frei Nilo Agostini

O Papa Francisco, ao escrever às famílias, em preparação à Assembleia geral extraordinária do Sínodo dos Bispos, a realizar-se em outubro próximo, lembrou que a próxima Assembleia Sinodal é toda dedicada à Família. Pediu o necessário e significativo apoio das orações de todos e destacou o seguinte: “Na verdade, esta Assembleia sinodal é dedicada de modo especial a vós, à vossa vocação e missão na Igreja e na sociedade, aos problemas do matrimônio, da vida familiar, da educação dos filhos, e ao papel das famílias na missão da Igreja”(1). Existe, sim, uma “contribuição indispensável do matrimônio”(2), como explicitou o Papa na Evangelii Gaudium, que aqui identificaremos como educadora da fé e evangelizadora, no importante espaço evangelizador no qual se constitui a família. Read More …

Posted by: | Posted on: julho 19, 2017

Catequese de Iniciação à Vida Cristã: Uma experiência de fé, amor e testemunho

Iniciação é muito mais do que adquirir conhecimentos sobre alguma coisa. É um mergulho numa vivência especial, que faz a pessoa passar a “ser” (não apenas “saber”) algo que atinge todos os aspectos de sua vida”.1

Quando falamos sobre “Catequese de Iniciação à Vida Cristã”, estamos falando de um processo de inserção na vida, no Evangelho de Jesus Cristo, uma inserção que crie uma verdadeira identidade cristã.

As pessoas que escolhem “ser cristão”, na busca por um caminho de vida, impulsionadas pelo kerigma (primeiro anúncio), têm o direito de fazer a experiência do seguimento e da misericórdia de Cristo.

É preciso olhar para Jesus, com quem tudo começou, “que foi enviado pelo Pai para revelar o seu plano de amor e, assim, mostrar o que de fato significa a vida que nos foi dada2. Não um olhar de fora, apenas para torna-lo conhecido, mas um olhar de “coração”, aquele olhar de encantamento que conquista, que arrebata, que gera cumplicidade.

“…formar cristãos não é simplesmente alimentar hábitos de tradição cultural. Está em jogo uma opção total de vida, uma escolha do Caminho, da Verdade e da Vida, revelada em Jesus”3. A Catequese deve despertar nas pessoas a ânsia por uma opção derradeira e irrevogável que imprima a marca da identidade cristã com a brasa do Espírito Santo, e as leve a assumir o caminho de Cristo como único caminho viável e confiável. Read More …