Novena de Natal: PRÉ-NATAL PARA JESUS

Featured

capa-novenaEsta é uma proposta de novena um pouquinho diferente. Como o Advento é o período de preparação e espera pelo nascimento de Jesus, podemos usar a imagem simbólica da gestação de Jesus em nossos corações.

E o que faz uma gestante que zela para que sua gestação seja bem vivida e o parto traga uma criança saudável? Ela consulta o médico periodicamente (em média são nove consultas depois da gravidez) e segue suas prescrições; ingere as vitaminas necessárias ao bom desenvolvimento da criança; cuida da própria saúde em todos os seus aspectos; e prepara o quarto e o enxoval para acolher o bebê.

Assim também, nós vamos fazer o nosso pré-natal: vamos nos consultar na Clínica do Evangelho, ouvir o que nosso médico, o Senhor Deus, nos diz e seguir suas prescrições; vamos ingerir as vitaminas espirituais que vão possibilitar o desenvolvimento da fé; vamos cuidar da nossa saúde espiritual; e vamos preparar um lugar lindo no nosso coração e um enxoval primoroso em nossa vida para acolher Jesus.

Você achou a proposta interessante? Então reúna a sua família, seus catequizandos, seu grupo de rua, ou sua comunidade e faça essa novena com eles, pois nenhuma gestação será feliz se for solitária. Durante a gestação, a gestante necessita do apoio de outras pessoas. Serão nove “consultas”, mas que devem ser feitas com algum intervalo entre uma e outra, por isso sugerimos que se faça no máximo 3 vezes na semana, controlando bem para que todos os encontros sejam realizados no máximo até dia 23 de dezembro. Continue lendo

ROTEIRO DE ORAÇÃO NA VIDA DIÁRIA – para DEZEMBRO de 2016

Featured

O Papa Francisco, falando sobre a leitura da Palavra, nos disse:

“O Evangelho é palavra de vida: não oprime as pessoas, ao contrário liberta… O Evangelho muda o coração, muda a vida, transforma as inclinações ao mal em propósitos de bem. O Evangelho  é capaz de mudar as pessoas!

Recordai-vos sempre de que o Evangelho tem a força de mudar a vida! Não vos esqueçais disto. Ele é a Boa-Nova, que transforma unicamente se nos deixarmos transformar por Ele. Eis porque vos peço sempre que tenhais um contato diário com o Evangelho, que o leiais todos os dias, um trecho, uma passagem, que o mediteis e que o leveis convosco por toda parte … alimentai-vos todos os dias nessa fonte inexaurível de salvação. Não vos esqueçais!” (Papa Francisco)

Para auxiliar na disposição de atender a esse pedido do Papa Francisco, disponibilizaremos a vocês o Roteiro de Oração na vida Diária – todos os meses de 2016 – preparado pela comunidade jesuíta ANCHIETANUM. Continue lendo

APLICATIVO DA FOLHINHA DO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS

Featured

sagrado_cor_jesusVocê é fã da Folhinha do Coração de Jesus?

E que tal seria tê-la sempre à mão, em qualquer lugar?

Pois, a partir de agora, isso é possível. Basta você entrar na loja Play Store e baixar o aplicativo no seu celular ou no seu Tablet. Pronto!
Agora você já poderá acompanhar a tradicional Folhinha do Sagrado Coração de Jesus em seu Smartphone ou Tablet! Fácil e no lugar que desejar.capa-novena-2 (232x443)

Por enquanto o aplicativo só está disponível para Android.

Entre já na Play Store e baixe o seu aplicativo da Folhinha!
Colocamos aqui o Link direto para baixar o aplicativo na Play Store:

https://play.google.com/store/apps/details?id=com.vozes.folhinha

Veja também o tutorial em vídeo de como usar o aplicativo da Folhinha do Sagrado Coração de Jesus, que postamos aqui:

Celebração do 2º Domingo do Advento

sao-joao-batistaIniciamos a segunda semana de Advento, preparando-nos não só para o Natal, mas também para a vinda gloriosa de Cristo no final da história, quando então ele virá nos coroar com a plenitude dos bens prometidos e que hoje, vigilantes, esperamos .

A segunda vela que acendemos na coroa de Advento nos ilumina e nos ajuda a perceber que estamos a caminho, peregrinos rumo a um futuro bom que nos espera. Mas, até lá, temos ainda muito o que fazer em parceria com nosso Deus.

Estamos a caminho em meio a um mundo de tantas contradições, com poderosos achando-se os donos do mundo e fazendo da vida humana um desterro sem destino: quanta injustiça gerando mortes! Estamos a caminho, também em meio a um mundo de muitos sinais de vida, com muita gente humilde buscando fazer da sociedade um lugar do grande sonho de Deus.

A Eucaristia nos apresenta uma das características essenciais desse Tempo do Advento: a conversão. João Batista que nos chama à mudança de pensamento e de atitude. A voz que clama no deserto é a voz do Evangelho, é a voz dos sofredores, é a voz dos que pedem mais dignidade, é a voz de nossa consciência. O que importa é que a mudança de vida, à qual somos chamados, comece em nosso interior e tenha sinais exteriores. João Batista sai do seu lugar e vai para o deserto. Sair de nossas velhas práticas e costumes e assumir o novo jeito de ser de Deus é ouvir a voz de quem clama: Convertam-se.

CLIQUE AQUI para abrir a Celebração do 2º Domingo do Advento – ano A – 2016

Pregações de Advento – 2016

Durante as quatro sextas-feiras do Tempo do Advento, o pregador oficial da Casa Pontifícia, Frei Raniero Cantalamessa, frade Capuchinho, fará a Pregação de Advento, para o Papa e membros da Cúria e de outros organismos do Vaticano, na Capela Redemptoris Mater.

O Frei Cantalamessa dedicará suas meditações ao tema “Bebamos, sóbrios, a embriaguez do Espírito”. Ele iniciou suas reflexões teológicas, em preparação ao Santo Natal, à figura do “Espírito Santo, como a novidade teológica e espiritual mais importante depois do Concílio Vaticano II e a principal fonte de esperança da Igreja”.

De fato, afirmou o Pregador Capuchinho, a maior novidade pós-conciliar, na teologia e na vida da Igreja, é precisamente o Espírito Santo.

Postaremos aqui, a cada semana, a íntegra dessas pregações, um ótimo meio de também nós nos prepararmos para o Natal do Senhor Jesus.

CLIQUE AQUI para abrir o arquivo da PRIMEIRA PREGAÇÃO DE ADVENTO

Previsões natalinas

Esse tema toca profundamente a cultura capitalista, porque o tempo de Natal tem sido marcado pela festa do consumo, das vendas e de movimentação financeira. A mídia se encarrega de provocar a sensibilidade das pessoas levando-as a comprar cada vez mais. Passou a ser Natal de presentes, não propriamente do verdadeiro presente, do Menino Jesus, o Filho de Deus.

Uma verdadeira preparação para o Natal supõe austeridade, anticonsumismo e mudança de mentalidade. Sabemos que não é fácil “remar contra a maré”, contra uma sociedade que, mesmo vivendo crise financeira, não consegue prever o alcance de suas condições econômicas. Em vez de um Natal de liberdade, de encontro com Cristo, passa a ser de arroxo por causa de dívidas adquiridas.

O momento brasileiro é de prudência nos gastos pessoais, evitando fragilizar as condições para uma vida digna, sem os apertos com contas a pagar. Natal é tempo de liberdade, de coração aberto para construir o bem na luz do Menino Deus. Não é tempo de competição, de querer agradar com presentes caros e nem de gastar mais do que as próprias possibilidades econômicas. Continue lendo

Celebração do 1º Domingo do Advento

Estamos abrindo um novo Ano Litúrgico. Iniciamos uma nova etapa, para que a luz de Deus brilhe em nós mais intensamente.  Mais um final de ano se aproxima. Percebe-se pela propaganda comercial “natalina”, que começa a aparecer por todo lado, prometendo alegria e felicidade, ilusoriamente “embutidas” nos produtos de consumo. Quem sabe, até nos distraindo do essencial da nossa vida. De nossa parte, como comunidade cristã, iniciamos hoje nosso tempo de preparação para a solenidade do Natal do nosso melhor Mestre, Jesus. A esse tempo nós chamamos de Advento. Tem a ver com aguardo, espera, expectativa, atenção, vigilância. Tempo especial de reaprender a sermos vigilantes, isto é, perceber-nos.

CLIQUE AQUI para abrir a Celebração do 1º Domingo do Advento – ano A – 2016

Advento: Deus conosco

advento (1)

Com quatro semanas antecedendo o Natal, o Advento inicia um tempo novo na Igreja, um novo ano litúrgico. Este tempo nos prepara para acolher o Senhor que sempre vem, manifestando-se a nós. Essa manifestação se dá em dois aspectos: a manifestação em nossa carne ao nascer, que constitui sua primeira vinda, e sua manifestação gloriosa, no fim dos tempos, sua segunda vinda. Este duplo sentido determina a organização do tempo de Advento.

Advento: o Advento escatológico, que vai do primeiro domingo do Advento ao dia 16 de dezembro; o Advento natalício, como preparação mais imediata para a festa do Natal, do dia 17 ao dia 24 de dezembro. Nesse período, entramos em ritmo mais intenso de espera e esperança, de cuidadosa vigilância, como uma noiva que se enfeita, ansiosa e feliz, para a chegada de seu amado, como um incansável vigia anseia pelo amanhecer, como a terra seca deseja ardentemente a chuva benfazeja para o germinar das sementes. Aguardamos hoje a chegada do Senhor, aguçando nossa sensibilidade para perceber os inúmeros sinais que revelam a transparência de Deus em nosso tempo, ainda tão conturbado, e em nossa realidade humana, ainda tão desumana, violenta e sofrida: sinais evidentes de distanciamento do projeto de vida para o qual fomos criados.

Abrindo-nos à contemplação do mistério da encarnação, a liturgia vem ao encontro de nossa busca fundamental. Somos seres de desejo, inacabados, com sonhos de ser sempre mais, grávidos da utopia do Reino. O conjunto das celebrações nos mantém acordados e vigilantes, buscando a perfeição, para que as múltiplas vindas do Senhor hoje nos encontrem irrepreensíveis e repletos dos frutos da justiça. Continue lendo

Advento e Natal

advento_maria_2As vitrines das lojas já começam a apresentar brilhos com enfeites de Natal. O comércio se prepara para o momento propício de faturamento. O clima, também com ares de fim de ano, vai mudando aos poucos, provocando uma sensação de festas, de presentes, de viagens e de encontros familiares. Conseguimos até nos esquecer de que vivemos situação de arroxo e desafios na economia do país.

Os cristãos fazem um caminho de preparação durante quatro semanas, que chamamos de Advento, para celebrar com qualidade as festas natalinas. Natal é aniversário do nascimento de Jesus Cristo, da presença de Deus que se faz homem, divinizando o humano e humanizando o divino. Jesus veio como esperança de luz para todas as nações, muito mais para os dias de hoje. Continue lendo