CAMPANHA DE VALORIZAÇÃO DO CATEQUISTA

Featured

novo logo do Blog da Catequese

Estimados/as catequistas, em comemoração ao mês vocacional e ao Dia do Catequista o Blog da Catequese, numa ação da Editora Vozes, iniciou a “Campanha de Valorização do Catequista“, com o tema “Catequista por Vocação“.

Essa Campanha traz uma nova logomarca para o Blog da Catequese, inspiração e criação da Editora Vozes.

SIMBOLOGIA DO LOGO DO BLOG DA CATEQUESE:

Duas mãos representando as mãos dos catequistas, sempre prontas a se doarem a serviço do anúncio do Evangelho. Essas mãos formam um coração acolhedor que tem a cruz no centro, representando Cristo como guia de um coração aberto para acolher o próximo.

Há no logo também a simbologia dos sacramentos de iniciação na vivência cristã: a Cruz – sinal do Batismo; o círculo branco – representação da Eucaristia; e a forma das mãos, como asas, representando o Espírito Santo – representação do Crisma.

Este é o jeito da Editora Vozes valorizar todos aqueles que dedicam suas vidas ao ministério da Catequese. O Blog da Catequese, criado com o único objetivo de apoiar os catequistas em sua missão, busca levar até os mais distantes cantinhos do nosso país a riqueza que há na difusão da Catequese. E na Comunidade do Blog Da Catequese Vozes, no Facebook, compartilha as notícias e informações cotidianas da nossa Igreja. Faça parte desta comunidade acessando e curtindo a página pelo link que fica na barra lateral deste Blog.

PESQUISA DO BLOG: Veja na página da comunidade do Blog da Catequese no Facebook como participar desta pesquisa e ganhar um brinde da Campanha de valorização do Catequista. Acesse a pequisa no link abaixo e imprima.

PESQUISA DO BLOG DA CATEQUESE

A Palavra que Liberta

Biblia-SagradaEstranha Palavra!

Tão intensa e tão cheia de vida. Cintila como uma estrela guia. Aquece como fogo abrasador.

Sua luz reflete como a aurora, e anuncia um novo amanhecer. Desperta o dia da alegria, dia de paz e de bonança. As trevas fogem do seu poder.

Sua força derruba os muros, escancaram as portas. Nenhuma barreira é capaz de detê-la. Ela invade, cativa, transforma, converte.

Traz em si uma sabedoria infinita, mas prefere se revestir de humildade. Na sua simplicidade, forja a consciência dos sábios.

Para os pobres tem sabor de mel. Para os poderosos é como espada afiada que os desafia.

Como árvore frondosa, suas raízes penetram o chão da pobreza. Seu caule sustenta o corpo cansado da dor, sua copa oferece abrigo ao desamparado e seus frutos saciam a fome de justiça.

A todos traz a promessa de vida nova.

E o povo, por meio dela, redescobre a esperança. De um mundo novo, sem conflitos. De vida nova, sem egoísmo, sem ganância. De uma sociedade que faça desabrochar:

A Verdade, o Amor e a plena Liberdade.

[Poema de autoria de Maria Aparecida de Cicco]

Sugestões para Encerramento do Mês Vocaional

vocacao13Durante todo o mês de agosto, mês vocacional, nas celebrações dominicais refletimos sobre as diversas vocações. Neste último domingo, encerramento do mês, apresentamos algumas sugestões para fazer o encerramento do mês dinamizando a celebração litúrgica e valorizando as vocações na comunidade.

As sugestões são da nossa blogueira, Maria Aparecida de Cicco, e estão em arquivo PDF para facilitar que vocês possam salvá-las no próprio computador e imprimir para compartilhar as ideias com a equipe de liturgia.

Sugestões para Encerramento do Mês Vocacional

Celebração do 22º Domingo do Tempo Comum

CruzNeste domingo, último domingo do mês vocacional, em que pudemos refletir sobre a vocação de cada um de nós na comunidade cristã, somos convidados a renunciarmos a nós mesmos, tomarmos a nossa cruz e seguir a Jesus. Tomar a cruz significa ser leal a Jesus, é a certeza de que caminhar com Ele implica entrega e doação total. Hoje, em muitas comunidades será lembrado o Dia Nacional do Catequista, que é celebrado no dia das vocações leigas. Que Deus possa abençoar todas estas pessoas que dedicam parte de seu tempo assumindo o projeto de vida de Jesus, caminho, verdade e vida.

A Celebração deste 22º Domingo do Tempo Comum nos foi enviada por D. Vilson Dias de Oliveira, DC – Bispo da Diocese de Limeira; e está em PDF no link abaixo:

Celebração do 22º Domingo do Tempo Comum – ano A

Missão da comunidade

ComunidadeTomando comunidade como um “agrupamento de pessoas” que almejam objetivos comuns, é fundamental que as realizações não sejam imediatas, mas fruto de reflexões e compromissos autênticos. A coerência é entendida como testemunho de fidelidade aos objetivos assumidos individual e coletivamente. Para os cristãos, a fé é base para sua conduta de vida e de construção social e comunitária.

Na prática normal da vida as pessoas são seduzidas pelas circunstâncias que as cercam. São seduções para fazer o bem, construir situações que elevam a qualidade de vida do povo, ou que alienam e enfraquecem os objetivos de vida. A sedução pode ser destinada ao individualismo e a privilégio de poucos, dificultando o aspecto coletivo e o bem de todos. Continue lendo

CATEQUISTA POR VOCAÇÃO

catequista-por-vocacaoDentro da Campanha de Valorização do Catequista, que a Editora Vozes está promovendo, e para homenagear todos os catequistas, a nossa blogueira, Maria Aparecida de Cicco escreveu um poema e uma oração, que compartilhamos com todos os catequistas que seguem nosso Blog da Catequese.

Tanto o poema quanto a oração estão em PDF, publicados separadamente para facilitar – para acessar basta clicar nos links abaixo:

POEMA – CATEQUISTA POR VOCAÇÃO

CREDO DO CATEQUISTA

 

As Bem Aventuranças dos Catequistas

desenho de catequistasAs Bem Aventuranças dos catequistas

Ser catequista é ser encantador de gente, como Jesus foi. Ser encantador de gente se aprimora com o tempo e talvez seja uma das coisas mais lindas do Catequista: ser capaz de “abrir os olhos” das pessoas para a vida, para si mesmas, para o sagrado mistério do mundo e de Deus.

É uma delícia ser catequista, mesmo em meio a dor, sofrimento, dúvidas e decepções. Por isso, o catequista precisa ser declarado Feliz ou Bem-Aventurado:

  • Bem-aventurado o catequista que se sente chamado, no fundo do fundo de si mesmo, para essa missão. Foi capaz de ouvir a voz amorosa de Deus que o convida a ser companheiro na tarefa de construir um mundo novo.  Continue lendo