CAMPANHA DE VALORIZAÇÃO DO CATEQUISTA

Featured

novo logo do Blog da Catequese

Estimados/as catequistas, em comemoração ao mês vocacional e ao Dia do Catequista o Blog da Catequese, numa ação da Editora Vozes, iniciou a “Campanha de Valorização do Catequista“, com o tema “Catequista por Vocação“.

Essa Campanha traz uma nova logomarca para o Blog da Catequese, inspiração e criação da Editora Vozes.

SIMBOLOGIA DO LOGO DO BLOG DA CATEQUESE:

Duas mãos representando as mãos dos catequistas, sempre prontas a se doarem a serviço do anúncio do Evangelho. Essas mãos formam um coração acolhedor que tem a cruz no centro, representando Cristo como guia de um coração aberto para acolher o próximo.

Há no logo também a simbologia dos sacramentos de iniciação na vivência cristã: a Cruz – sinal do Batismo; o círculo branco – representação da Eucaristia; e a forma das mãos, como asas, representando o Espírito Santo – representação do Crisma.

Este é o jeito da Editora Vozes valorizar todos aqueles que dedicam suas vidas ao ministério da Catequese. O Blog da Catequese, criado com o único objetivo de apoiar os catequistas em sua missão, busca levar até os mais distantes cantinhos do nosso país a riqueza que há na difusão da Catequese. E na Comunidade do Blog Da Catequese Vozes, no Facebook, compartilha as notícias e informações cotidianas da nossa Igreja. Faça parte desta comunidade acessando e curtindo a página pelo link que fica na barra lateral deste Blog.

Solenidade de Nossa Senhora Aparecida

N. Sra AparecidaCelebrando a memória da Festa de Nossa Senhora Aparecida, neste domingo, estamos celebrando também a grande invocação em favor da vida. É ela a grande intercessora que advoga em favor da vida do povo. É a rainha que ouve os pedidos em favor do povo. É a mulher grávida, geradora da vida, protegida por Deus. É a Mãe que intercede ao Filho, na festa que inaugura o início de um novo modo de viver. Coloquemos todas as crianças do Brasil e do mundo sob a proteção de Nossa Senhora Aparecida.

O arquivo com a Celebração que nos foi enviada por D. Vilson Dias de Oliveira, DC – Bispo da Diocese de Limeira, encontra-se no link abaixo:

Solenidade de Nossa Senhora Aparecida – ano A

CONCÍLIO VATICANO II – UM NOVO PENTECOSTES

No dia 11 de outubro de 2014, celebramos 52 anos do início do Concílio Vaticano II. E para nossa alegria, encontramos no youtube um excelente documentário sobre o Concílio Vaticano II, que traz a história do Concílio e também as suas causas e consequências. Esse foi o maior evento do século XX e também o maior na história da Igreja Católica.

Todo cristão deve conhecer a história de sua Igreja e em especial a história do Concílio Vaticano II, responsável pelo “aggiornamento” que significa “por em dia”, isto é, promover uma reforma na Igreja que a se tornasse mais aberta, mais próxima do povo, mais dialogal.

Este vídeo deveria ser visto por todos os catequistas, pois quem não conhece a história da própria Igreja e não sabe nada sobre o Concílio Vaticano II não está preparado para falar em nome dessa Igreja.

Também deveria ser visto por todos os jovens e adultos que se preparam para os Sacramentos de Iniciação à Vida Cristã, Batismo, Eucaristia e Crisma, pois conhecer a história da Igreja à qual pretendem aderir ajuda a desenvolver a identidade cristã consciente e a criar vínculos sólidos que levam ao compromisso.

Não deixem de assistir o vídeo e se possível conversar e refletir sobre todas as mudanças estabelecidas pelos conciliares. Essas mudanças não são apenas propostas opcionais, mas o estabelecimento do caminho que a Igreja deve seguir a partir de então; todas as mudanças foram promulgadas pelo Papa João XXIII e pelo Papa Paulo VI, Papas conciliares.

O povo brasileiro

D.PAULO-MENDESAs eleições são uma luta travada entre partidos e candidatos. Agora é a polarização com dois deles. Parece até que o povo está em momento de aflição, de correria para justificar a importância de um voto em seu candidato. É a vida de todos os brasileiros que está em jogo, tendo os “perdedores” que se sujeitar, por mais quatro anos, a administração feita por um seu “adversário”.

Comemorando o dia das crianças, sob a proteção de Nossa Senhora Aparecida, Padroeira do Brasil, é fundamental ver e investir nelas para que o país tenha um futuro promissor e administrado por pessoas realmente competentes. Isto significa que a nova gestão tem que investir no Ensino Fundamental, dando melhores condições para os professores, não só econômica, mas também em sua capacitação. Continue lendo

Celebração do 27º Domingo do Tempo Comum

Vinhateiros mausAnunciadores que somos do Evangelho, neste domingo, Jesus nos chama a atenção para nossa missão: somos chamados a produzir bons frutos, sermos sinais visíveis a todos. Por isso é importante estarmos sempre vigilantes na oração, na vida cristã, na vida comunitária.

No link abaixo vocês encontram a Celebração do 27º Domingo do Tempo Comum, que nos foi enviada por D. Vilson Dias de Oliveira, DC – Bispo da Diocese de Limeira

Celebração do 27º Domingo do Tempo Comum – ano A

A vida de São Francisco de Assis

Esta emocionante história acontece no tempo dos cavaleiros e reis, quando a honra pertencia aos heróis e a glória era conquistada nos campos de batalha. Nesta época vivia na cidade de Assis, na Itália, um jovem nobre e valente chamado Francisco, cuja família desejava que se tornasse um grande guerreiro e conquistasse um magnífico castelo. Porém, um dia, Francisco sente um forte chamado para uma glória maior do que ser mais um herói nos campos de batalha. Deus confia-lhe uma missão muito especial, que exigirá dele um supremo gesto de coragem. Por causa do amor de Deus, seu único e verdadeiro Rei,doa todos os seus bens e toda a sua riqueza e, cheio de alegria, embarca numa excitante e inesperada aventura: amar os pobres, acolher os desprezados pela sociedade e reconstruir a Igreja fundada por Jesus Cristo. Ao abraçar essa difícil missão, o jovem Francisco enfrenta violentas perseguições por parte dos familiares, amigos, da sociedade e dos responsáveis pela Igreja.

O Estado brasileiro

Passamos por um momento eleitoral e devemos cumprir a missão cidadã de votar. É como plantar a muda de alguma fruta. O agricultor aposta no resultado de seu trabalho. A intenção é das melhores, na espera de colher frutos abundantes e bons. Os eleitos não deveriam iludir seus eleitores, fazendo cumprir sua missão construindo “obras” para favorecer vida melhor para todos os cidadãos. Muitos têm sido como plantas que morrem pelo caminho.

O Estado é como a vinha do Senhor. Ele produz frutos, mas não beneficiam a todos. Os “espertos” sugam, e até desviam, de forma camuflada prejudicando aos que são seus legítimos destinatários. Os trabalhadores (os políticos) da vinha não têm cuidado bem dela. O Estado brasileiro é uma “vinha” muito rica e privilegiada em recursos naturais, mas explorada sem critério, ameaçando a vida. Continue lendo