CAMPANHA DE VALORIZAÇÃO DO CATEQUISTA

Featured

novo logo do Blog da Catequese

Estimados/as catequistas, em comemoração ao mês vocacional e ao Dia do Catequista o Blog da Catequese, numa ação da Editora Vozes, iniciou a “Campanha de Valorização do Catequista“, com o tema “Catequista por Vocação“.

Essa Campanha traz uma nova logomarca para o Blog da Catequese, inspiração e criação da Editora Vozes.

SIMBOLOGIA DO LOGO DO BLOG DA CATEQUESE:

Duas mãos representando as mãos dos catequistas, sempre prontas a se doarem a serviço do anúncio do Evangelho. Essas mãos formam um coração acolhedor que tem a cruz no centro, representando Cristo como guia de um coração aberto para acolher o próximo.

Há no logo também a simbologia dos sacramentos de iniciação na vivência cristã: a Cruz – sinal do Batismo; o círculo branco – representação da Eucaristia; e a forma das mãos, como asas, representando o Espírito Santo – representação do Crisma.

Este é o jeito da Editora Vozes valorizar todos aqueles que dedicam suas vidas ao ministério da Catequese. O Blog da Catequese, criado com o único objetivo de apoiar os catequistas em sua missão, busca levar até os mais distantes cantinhos do nosso país a riqueza que há na difusão da Catequese. E na Comunidade do Blog Da Catequese Vozes, no Facebook, compartilha as notícias e informações cotidianas da nossa Igreja. Faça parte desta comunidade acessando e curtindo a página pelo link que fica na barra lateral deste Blog.

Cristo Rei

Cristo ReiTermina o ano da Igreja, chamado de “Ano Litúrgico”, com a Festa de Cristo, Rei do Universo. Jesus nasce com o título de “Rei”, que viria reinar com estabilidade e seu reinado não teria fim. Seu nascimento foi interpretado como a presença humana da Palavra Divina, Deus tomando a forma de homem para redimir das fraquezas terrenas a humanidade mergulhada nas limitações de sua natureza.

Jesus nasce como Rei, mas diferente dos reis de seu tempo, porque não era conivente com um poder de pompa, de riqueza e de mando, mas investido das características de Pastor, de quem veio dar a vida pelos mais necessitados. Sua preocupação era totalmente voltada para a integridade e dignidade das pessoas. Por isto foi e agiu contra aqueles que praticam atitudes de exploração das pessoas. Continue lendo

Saber viver

A vida está condicionada ao tempo, mas também ao espaço e a tudo que faz parte normal de seu envolvimento. Como dom, o tempo é oportunidade para a pessoa desenvolver suas atividades e poder realizar obras boas. Para isto, cada indivíduo tem talentos na sua história de vida, que devem ser trabalhados, tendo atitude sábia de discernimento do que é bom ou ruim, e constante vigilância.

Só sabe viver quem consegue ser sóbrio, simples e transparente. Isto ajuda a superar os diversos tipos de necessidades que afetam seu cotidiano. Não é saudável ser omisso na realização do bem, quando isto é possível na vida. Creio que o saber viver está mais centrado no que a pessoa faz pelo outro, do que o que dele recebe. É mais gratificante dar do que receber. Continue lendo

Casa comum

A casa é o ambiente propício para o aconchego familiar. Mas ela pode ter dimensões elásticas, sendo identificada também como espaço comum onde as pessoas constroem suas vidas, criam relacionamentos e convivência. Assim podemos dizer do país, dos Estados, dos Municípios, ou das comunidades. Um templo religioso pode ser também considerado lugar comum para seus adeptos.

Na Liturgia católica se faz memória da Basílica de São João do Latrão, como primeiro templo cristão, que precede a todos os outros. Ela está na cidade de Roma, sendo a primeira catedral do mundo católico, onde foram realizados importantes encontros, Concílios Ecumênicos e outros eventos que ajudaram na caminhada de reflexão teológica e pastoral da Igreja no mundo. Continue lendo

Dia de Finados

Está bem presente em nossas vidas o costume de fazer memória dos entes queridos e já falecidos, tanto parentes, amigos ou conhecidos. Isto acontece através de orações, de visita aos cemitérios, a túmulos, que implica também a lembrança dos testemunhos de fé e amor vividos por eles. Acreditamos na recompensa eterna prometida pelos textos bíblicos.

Finados evoca três realidades em todos nós. A primeira é o sentimento de saudade, porque cada um marca seu tempo e as pessoas com quem convive. A segunda é a esperança, principalmente por saber que a morte não tem a última palavra na vida das pessoas. Por último o compromisso que devemos assumir em nossa caminhada ainda no tempo que passa. Continue lendo

Celebração do 30º Domingo do Tempo Comum

DNJNeste domingo, vamos celebrar o grande amor de Jesus Cristo, por isso devemos lutar por um mundo melhor, pois o cristão cresce e se valoriza quando se preocupa com o verdadeiro desenvolvimento do próximo. É esse amor fraterno que dá sentido à nossa vida e das outras pessoas.

No último domingo do mês de outubro, celebramos também o Dia Nacional da Juventude. Rezemos por todos os nossos jovens, para que possam ser evangelizadores nos ambientes em que vivem.

A Celebração enviada por D. Vilson Dias de Oliveira, Bispo da Diocese de Limeira, está no link abaixo. BOM DOMINGO A TODOS!

Celebração do 30º Domingo do Tempo Comum – ano A