CAMPANHA DE VALORIZAÇÃO DO CATEQUISTA

Featured

novo logo do Blog da Catequese

Estimados/as catequistas, em comemoração ao mês vocacional e ao Dia do Catequista o Blog da Catequese, numa ação da Editora Vozes, iniciou a “Campanha de Valorização do Catequista“, com o tema “Catequista por Vocação“.

Essa Campanha traz uma nova logomarca para o Blog da Catequese, inspiração e criação da Editora Vozes.

SIMBOLOGIA DO LOGO DO BLOG DA CATEQUESE:

Duas mãos representando as mãos dos catequistas, sempre prontas a se doarem a serviço do anúncio do Evangelho. Essas mãos formam um coração acolhedor que tem a cruz no centro, representando Cristo como guia de um coração aberto para acolher o próximo.

Há no logo também a simbologia dos sacramentos de iniciação na vivência cristã: a Cruz – sinal do Batismo; o círculo branco – representação da Eucaristia; e a forma das mãos, como asas, representando o Espírito Santo – representação do Crisma.

Este é o jeito da Editora Vozes valorizar todos aqueles que dedicam suas vidas ao ministério da Catequese. O Blog da Catequese, criado com o único objetivo de apoiar os catequistas em sua missão, busca levar até os mais distantes cantinhos do nosso país a riqueza que há na difusão da Catequese. E na Comunidade do Blog Da Catequese Vozes, no Facebook, compartilha as notícias e informações cotidianas da nossa Igreja. Faça parte desta comunidade acessando e curtindo a página pelo link que fica na barra lateral deste Blog.

Celebração do 4º Domingo do Advento

Chegamos ao Quarto Domingo do Advento, às portas da solenidade do Natal do Senhor, a liturgia deste domingo dirige o nosso olhar para o anúncio do Anjo feito a Maria e para sua própria pessoa enquanto imagem da Igreja que aguarda a chegada do Natal.

Lembrando a espera de Maria, preparemo-nos para a novidade de Deus que chega para nós neste Natal. Bendigamos o Pai pela manifestação do seu Filho em nossa carne, fazendo com que toda a humanidade entre no dinamismo do seu amor e de sua fidelidade.

Todas as promessas de Deus encontraram seu “sim” em Jesus Cristo, pois Ele se encarnou na nossa história, assumindo a condição humana, nascendo pobre entre os pobres.

Somos convidados a nos alegrar, como Maria, porque o Senhor está conosco, revelando-nos em Jesus Cristo todos os segredos do seu projeto de amor.

A Celebração deste 4º Domingo do Advento nos foi enviada por D. Vilson Dias de Oliveira, Bispo da Diocese de Limeira, que no final da Celebração também envia uma mensagem de Boas Festas. Veja a Celebração clicando no link abaixo:

Celebração do 4º Domingo do Advento – ano B

Família de Nazaré

Sagrada FamíliaA identidade cristã do Natal está na pessoa de Jesus Cristo, o alvo primeiro da Família de Nazaré. Nascendo de Maria, o Menino Jesus foi “confortavelmente” colocado numa manjedoura, num cocho onde os animais eram tratados e cuidados pelos pastores. Lugar simples, mas usado com todo carinho e amor por sua genitora.

Aquela que se apresenta como “… a serva do Senhor…” (Lc 1,38) gera a Palavra, “Palavra que era Deus” (Jo 1,1), mas agora se torna pessoa, na Pessoa de Jesus Cristo. É isso que faz do Natal uma Festa de tamanha importância no mundo cristão, que conseguiu fazer história e atingir também a sociedade civil com uma tônica comercial. Continue lendo

Celebração do 3º Domingo do Advento

Coroa do AdventoO Terceiro Domingo do Advento é denominado “Domingo da Alegria”. E a antífona de entrada canta: “Alegrai-vos sempre no Senhor”.
A celebração é uma exultação de imenso júbilo porque Aquele que esperamos já está conosco, em nosso meio. Ele mesmo vem para endireitar caminhos e para nos conduzir à festa do seu Natal. Grande sinal de sua manifestação no meio dos pobres, humildes e sofredores.
A comunidade é o lugar ideal para entrarmos em comunhão com o Deus fiel. Participando dela, vamos descobrir que há uma esperança para os pobres, os desanimados, os cativos e os prisioneiros, pois, o Senhor está fazendo germinar do nosso chão as sementes da vida nova.

D. Vilson Dias de Oliveira, DC – Bispo da Diocese de Limeira, nos enviou a Celebração deste 3º Domingo do Tempo do Advento, que está no link abaixo:

Celebração do 3º Domingo do Advento – ano B

Para que montar um Presépio de Natal

Autor: Dom Julio Endi AkamineBispo auxiliar da Arquidiocese de São Paulo, Região Episcopal da Lapa 

PresépioNestes dias que antecedem o Natal vemos como nossas igrejas, casas e ruas se enfeitam com luzes e símbolos natalinos. Um dos símbolos cristãos mais bonitos e significativos de natal é o Presépio. Por quê? Para quê o Presépio?

O que os evangelhos narram pela palavra, o presépio representa através das imagens dos anjos, dos animais, dos reis magos, de Jesus, de Maria e de José. A Bíblia proclama o fato admirável do nascimento de Jesus; o presépio coloca diante de nossos olhos a proclamação do mistério da encarnação. Continue lendo

Alegre expectativa

 Foto da árvore de Natal na cidade italiana de Gubbio,  na Úmbria. A árvore sobre o Monte Ingino foi acesa no dia 7 de dezembro, pelo próprio Papa, da Casa Santa Marta, através de um Tablet.

Foto da árvore de Natal na cidade italiana de Gubbio, na Úmbria. A árvore sobre o Monte Ingino foi acesa no dia 7 de dezembro, pelo próprio Papa, da Casa Santa Marta, através de um Tablet.

Estamos em clima de Natal, pois os enfeites começam a aparecer, o comércio se agita e tudo se transforma em festas de fim de ano. Nem sei se Jesus Cristo é citado no contexto de tudo isto! A figura do “Papai Noel” toma conta de tudo, aquece o comércio, encanta a criançada, atraída pela veste vermelha e barba branca, que não tem nada a ver com o Menino do Natal.

Em muitos lares e em outros ambientes, cristãos ou não, encontramos montado o presépio com diversas peças retratando a realidade da manjedoura e presença da Família de Nazaré, José, Maria e o nascituro Jesus. Significa sentimento cristão, mas nem sempre é alusão a um Menino, que é Deus. Jesus não passa de um humano qualquer e o Natal se transforma em festa como outras. Continue lendo

Chá de Bebê para Jesus

Esta dinâmica foi postada no Blog há 4 anos atrás e novamente no ano passado. Mas como é apropriada para ser realizada neste Tempo do Advento, atualizei a postagem.

Ela poderá ser realizada com os catequizandos, de todos os grupos de catequese e de todas as fases, da Comunidade (crianças, adolescentes, jovens e adultos). Mas também poderá ser realizada nos grupos de rua, Famílias que se reúnem para a Novena de Natal. Pois é uma forma concreta de se preparar para o Natal, assumindo um compromisso evangélico e também partilhando com os mais pobres. Continue lendo